Intitulada como Boom Boom Elétrico, o ritmo que marcará os movimentos da ala neste ano é a combinação de zumba e axé

Não tem como negar que a dança é uma das formas mais simples de caracterizar o carnaval. A festa mais popular e tradicional dos brasileiros une pessoas de diferentes idades, classes sociais, gêneros, e de todos os lugares do país, numa grande alegria para dançar. Na folia, a coordenação motora é o que menos importa, já que o principal objetivo é se divertir. Foi pensando assim que o maior bloco carnavalesco de rua da capital mineira, Baianas Ozadas, inovou e trouxe para o carnaval de 2018 a zumba para animar os foliões no desfile.

A modalidade criada na Colômbia conquistou o mundo, e claro, também os brasileiros, tornando um verdadeiro sucesso nas academias de todo o país. Na dança tradicional, quatro ritmos básicos são predominantes para acompanhar qualquer música. São eles a salsa, o merengue, a cúmbia e o reggaeton, mistura aparentemente perfeita para o carnaval. Porém, para acompanhar o Baianas Ozadas, o profissional de educação física, Cristiano Ribeiro, criou coreografias para a ala de dança do bloco, que unem o swing da zumba com a baianidade do axé. Os passos são simples, e três coreografias vem sendo ensaiadas há dois meses pelo grupo, para dar ritmo ao rebolado e aos movimentos de braços e pernas que marcarão o compasso dos tambores da Bateria Ozada.

A novidade veio da produtora Polly Paixão, que enxergou no projeto a possibilidade de expansão ainda maior do bloco. “O Baianas sempre teve uma ala de dança muito legal, que caracteriza a alma do bloco, pela energia que tem. Mas é interessante contar como esse projeto chegou de forma tão despretensiosa e conquistou a todos, pois, nós conhecemos o trabalho do Cristiano, como coreógrafo, em dos ensaios da bateria, na qual ele participava. Numa ocasião de intervalo, naturalmente, observamos que quando ele começou a dançar com sua esposa no local, sem que percebesse, ele incentivou todos à sua volta para dançar junto. E isso é incrível! Porque a dança causa realmente isso nas pessoas, essa vontade de se movimentar também. Então, quando conversamos, e ele nos contou que era professor de zumba, na hora veio a ideia de trazer o projeto para o bloco, e assim, causar no público essa mesma sensação contagiante de nos acompanhar no dia do desfile”, explica a produtora do Baianas Ozadas.

Intitulada como Boom Boom Elétrico, a ala tem como base a pluralidade. Seus dançarinos de dividem entre crianças, idosos, homens, mulheres, magrinhos, gordinhos, altos e baixos, num time de pessoas que amam o carnaval. Neste cenário, essa mistura de características se transforma em festa quando o dinamismo do trabalho feito por Cristiano Ribeiro entra em cena. “Vejo com essa oportunidade um momento não só para meu crescimento profissional, como também para divulgação da modalidade em si. Pois hoje a dança é uma das atividades mais importantes das academias, e a possibilidade de mostrar esse trabalho de transformação que a zumba faz, tanto no corpo quanto na mente das pessoas, em um evento com essas proporções, como o carnaval do bloco Baianas Ozadas, é incrível. E eu me sinto orgulhoso em dizer que o Baianas representa o Carnaval, a dança representa o Baianas, e eu hoje represento a Dança do Baianas, isso não tem preço”, finalizou coreógrafo.

Além disso, Cristiano garante que ir atrás do trio elétrico desfilando e dançando muito axé traz ainda benefícios aos carnavalescos que ultrapassam a diversão. A atividade exercita o corpo, melhora a capacidade de resistência dos foliões, e, claro, o humor de quem a pratica. Por isso, os interessados em abusarem da “ozadia” e cair na folia carnavalesca do bloco que conquistou o coração de BH, o Baianas Ozadas realiza aos sábados os Ensaios Ozadias de Verão, na Villa Albertini. E no dia 12 de fevereiro, segunda-feira, a partir das 09h, a Avenida Afonso Pena recebe os foliões para a concentração do maior desfile de carnaval de Belo Horizonte.

 

 

Programação Baianas Ozadas:

  • 03 de fevereiro de 2018 – Último Ensaio Ozadia de Verão

Dia e Horário: sábado, das 14h às 22h

Local: Villa Albertini (Rua Cristal, 137 – Santa Teresa, Belo Horizonte)

Participações especiais: Dani Moraes, Os Baianeiros e Banda do Bloco Beiço do Wando

 

  • 12 de fevereiro de 2018 – Desfile de Carnaval Baianas Ozadas

Tema: “Pinte no CarnaBrown”

Dia e Horário: sábado, a partir das 09h

Concentração: Av. Afonso Pena com Rua da Bahia, Centro, Belo Horizonte/MG

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

comentários