Crítica Musical – Rolling Stones: “Dirty Work” completa 35 anos com participações para lá de especiais

0
1183
Disco vendeu cerca de 4 milhões
de cópias no mundo todo

Se inscreva no canal “Crítica Musical” no YouTube:
https://www.youtube.com/channel/UCIWDiTUL9F-xlKwov43B5nQ

Coluna: ‘Crítica Musical’
Jornalista | Colunista & Editor:
Felipe de Jesus
Siga: @felipe_jesusjornalista

Os anos de 1980 foram responsáveis por grandes lançamentos e com certeza “Dirty Work” dos Rolling Stones fazem parte dessa história. O disco que completou 35 anos de história marca a mudança de gravadora do grupo que foi para a “CBS Records” e uma sonoridade mais pesada que os discos anteriores.

No entanto, mesmo com essas novidades, “Mick Jagger e Keith Richards” tiveram desentendimentos, já que Mick estava mais comprometido com seu primeiro trabalho solo, “She’s The Boss (1985)”, que com o novo trabalho (na época) dos Stones.

Mesmo assim, o álbum “Dirty Work” se destaca pela produção de “Steve Lillywhite” (parceiro do U2 em vários discos) e Jimmy Page, do Led Zeppelin, que participa dos arranjos e solos da faixa “One Hit (To the Body)”. Além disso, o disco se saiu bem no quesito vendas, já que conseguiu comercializar cerca de 4 milhões de cópias. Mas, tudo isso se deve as músicas do trabalho.

A primeira faixa “One Hit (To the Body)” traz, além de um belo violão, as guitarras do sensacional Jimmy Page (Led Zeppelin). Em seguida temos “Fight”, que traz uma sonoridade bem próxima do que vemos no álbum “Vodoo Lounge -1994”, e em seguida “Harlem Shuffle”. Essa que é faixa hit do disco, traz uma curiosidade bem legal, já que em seu videoclipe vemos uma menção a foto da capa, que dizem ter sido tirada em uma boate no Rio de Janeiro na época.

Daí para frente temos, “Hold Back”, “Too Rude” (uma espécie de Reggae com Keith Richards cantando), “Winning Ugly” (bem oitentista), “Back to Zero”, “Dirty Work”, “Had It With Youn, Sleep Tonight” e para fechar, “Key to the Highway”, que é ótima.

Avaliação

Não é o melhor trabalho dos Stones em minha opinião (aliás, na visão de muitos fãs também), mas merece nota 4 (média) por suas participações com Steve Lillywhite e Jimmy Page. Se você ainda não escutou, ouça! Coluna, também, no CulturalizaBH | UAI-Jornal Estado de Minas e no canal “Crítica Musical” – YouTube.

Fotos: Rolling Stones

Se inscreva no canal Crítica Musical:
https://www.youtube.com/channel/UCIWDiTUL9F-xlKwov43B5nQ
Artigo anteriorPetrobras assina contrato para venda do campo Papa-Terra
Próximo artigoManifestantes cubanos ocupam as ruas para protestar contra governo
■ Jornalismo: Editor e um dos fundadores do jornal [ Brasil Agora (B.A) ] - [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 - Filiado: FENAJ & FIJ | AIN | SINAJ | Abramídia | UBI ______________________________________________________________________ ■ Publicidade & Divulgação de Notícias MKT: Diretor [ Grupo Conteúdo (GC) ] ______________________________________________________________________ ■ Advocacia: Gestor Adv. [ FJB Advocacia - Assistência Jurídica & Empresarial / Digital ] - "Associação dos Advogados Empreendedores - (AAE/OAB)". ______________________________________________________________________ ■ Canal 'Crítica Musical' com Felipe de Jesus (YouTube): https://www.youtube.com/channel/UCIWDiTUL9F-xlKwov43B5nQ ______________________________________________________________________ ■ Graduado: Apaixonado pela área acadêmica, Felipe de Jesus é formado em Jornalismo pela (Faculdade - FESBH), Publicidade & Propaganda (Instituto Politécnico de São Paulo), Teólogo (Faculdade ESABI/BH-MG), Sociologia (Faculdade Polis das Artes/SP), Economia (Universidade USIP), Direito/Advocacia (FACSAL/MG) , Ms. em Comunicação Social: Jornalismo e C.Informação (Univ. UEMC) e atualmente cursa Engenharia de Telecomunicações & TV (F.Nossa Senhora Aparecida / EAD). ______________________________________________________________________ Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ______________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]