Início Notícias Como ter espaços de lazer em casa?

Como ter espaços de lazer em casa?

Arquiteta dá dicas sobre como transformar o lar em um local para realizar atividades prazerosas, sem deixar de proporcionar conforto para os moradores.

Sim, é possível e necessário, um espaço de lazer em casa. Em meio ao isolamento social, devido à pandemia da Covid-19, as pessoas têm passado a maior parte, ou se não, o tempo todo, em casa. Diante da situação, nunca foi tão importante fazer do lar, um ambiente agradável e de refúgio, para lazer e descontração, além da prática de exercícios e atividades físicas.

A arquiteta, Germana Lara, explica que esses espaços são primordiais para o momento e revela algumas dicas básicas que ajudam na harmonização do ambiente. “É essencial criar locais de lazer, descanso e descontração, seja uma varanda com rede, uma sala de jogos/filmes, uma brinquedoteca para as crianças, entre outras opções”.

Para alívio do estresse e incertezas causadas pelo período pandêmico, não faltam alternativas. É preciso um olhar humanizado para os ambientes, ou seja, que fique bem esteticamente e que também cause boas sensações em quem irá usufruir do espaço no dia a dia. Compreender cada morador, é uma das alternativas que não podem ficar de fora da lista.

Segundo a arquiteta, “tem que entender quais são os hábitos dos moradores. Gostam de cozinhar nos momentos de lazer ou preferem pedir/fazer pratos prontos? A tão sonhada cozinha com ilha funciona muito bem para quem adora cozinhar com as pessoas em volta. A sala de televisão pode ser aberta, integrada aos demais ambientes, ou privativa, se a pessoa valoriza um momento mais intimista, esta é a melhor opção”.

Além disso, ela explica que os tamanhos variam de acordo com o perfil de cada indivíduo e a disponibilidade de espaço. “A cozinha, por exemplo, se for ilha vai precisar de mais espaço para circulação em volta. Para espaços compactos pode-se integrar a cozinha e fazer com bancada, como a americana, por exemplo”.

“Para quem gosta de churrasco, tem que ter uma área externa para não deixar fumaça dentro de casa. É importante pensar na funcionalidade para o lazer não virar um transtorno. Ou seja, o que vai definir isso é o espaço que você tem disponível. Ele deve ser avaliado para ver se atende as atividades”, conta a arquiteta.

Ajuda profissional faz toda diferença

O profissional vai entender quais são os hábitos, o estilo e gosto de cada morador e fazer dentro do espaço que a pessoa tem disponível. “Em espaços pequenos a palavra de ordem é organização. Acabou o trabalho? Guarde tudo, armários bem planejados, mas que não precisam ter cara de escritório”, exemplifica a profissional.

Ademais, ela também ressalta a questão das áreas de lazer. Segundo a especialista, “construir uma área de lazer particular no projeto de uma casa ou apartamento valoriza muito o imóvel e também incentiva que os moradores apreciem”. Ela ainda elucida que por ser mais reservado, este recinto do lar precisa ser completo para o fim que foi destinado para evitar a necessidade de circulação por outros cômodos.

“Eu sempre falo aos clientes quando vamos construir uma casa, imagine um local bem agradável, onde você passou suas férias, peço para descreverem o que faziam, como era o hotel, o quarto etc. As pessoas falam muito da vista, de pousadas aconchegantes. Então, eu sugiro que tenham lugares onde você se sinta de férias na sua própria casa. E é isso, a gente não precisa viajar para curtir, podemos construir espaços dentro de casa mesmo”, orienta Germana.

Fonte: Germana Lara é arquiteta, há 15 anos está à frente do escritório Larc Arquitetura em Belo Horizonte. Sua equipe desenvolve projetos residenciais com objetivo de realizar os desejos e sonhos de seus clientes com excelência, além de projetos comerciais focados no público e propósito das empresas (@larcarquitetura).

SEM COMENTÁRIOS