Governo libera mais R$ 498 do FGTS para quem só conseguiu sacar R$ 500; veja datas

0
468
Para os trabalhadores que possuem valor acima do salário mínimo, o saque imediato continua sendo apenas de R$ 500
Na última quinta-feira (12), o governo liberou o restante do saque do FGTS, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Os trabalhadores que tinham até R$ 998 na conta e só puderam sacar R$ 500 terão acesso aos R$ 498. Confira datas para retirada.
Liberação do restante do FGTS

 

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que cria novas modalidades de saque do FGTS. A sansão confirmou o saque-aniversário para 2020 e liberou o a retirada do restante do fundo ainda este ano.

Isso significa que os trabalhadores que tinham até R$ 998 na conta em 24 de julho deste ano e optaram pelo saque imediato, retirando o limite máximo estabelecido de R$ 500, poderão sacar o restante ainda em dezembro.

O valor complementar será limitado a R$ 498 e vale tanto para contas ativas ou inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

Datas para o saque

Os trabalhadores terão acesso ao restante do fundo a partir do dia 20 de dezembro e poderão fazer a retirada o até o dia 30 de março do ano que vem. Isso vale para os nascidos entre janeiro e outubro.
Já para as pessoas que nasceram em novembro e dezembro, a data para o saque imediato é 18 de dezembro, mas não ficou claro se os trabalhadores já poderão sacar os R$ 998, ou terão que esperar até dia 20 para ter acesso ao valor complementar.

Quem tem direito

Vale lembrar que o restante do saque foi liberado apenas para quem tinha até R$ 998 na conta em 24 de julho. Para os trabalhadores que possuem valor acima do salário mínimo, o saque imediato continua sendo apenas de R$ 500.

Artigo anteriorDepressão: você sabe o que é?
Próximo artigoEconomia: Disparada da carne faz consumidor apelar para a compra parcelada
[ Jornalista e Editor do Brasil Agora - em BH/MG] - Graduação: Jornalista (FESBH), Teólogo (F.ESABI), Sociólogo e Letras (F.Polis das Artes) e Economista (UNIP). Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Universidade Europeia Miguel de Cervantes/UEMC), Doutorado Prof. em Ciências Sociais e Políticas (USIP) e atualmente cursa Direito (UNIESP-BH). Apaixonado por música, colabora no "CulturalizaBH/Portal UAI" e na "TV Balcão" com a coluna "Crítica Musical" falando sempre sobre álbuns, coberturas de shows e etc. Tem como hobbie comprar CDs e também vinis. É também apaixonado por Sociologia, tanto que de sua graduação em Ciências Sociais: Sociologia, se tornou colunista de Opinião & Comportamento do portal da "RedeTV!" e "Rondônia Digital" e desta coluna, nasceu o "E-book: Sociedade Conectada: a Influência da Internet no Cotidiano". Da Economia, área ao qual foi repórter e sub-editor, se tornou colunista no "Divulga Gerais" após sua graduação em Ciências Econômicas: Economia. É colaborador de Jornais/Portais de Notícias, Diretor do Grupo Conteúdo - Agência de Notícias - Sites e também editora e assina matérias em alguns jornais de Minas Gerais e do Brasil. A escrita é sua maior base e paixão no Jornalismo. [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui