Começar um novo negócio sem investimento inicial é possível!

Possibilidade de empreender e ter autonomia chama atenção do público feminino, principalmente

Atualmente, existem inúmeros motivos para uma mulher querer seguir em uma nova área profissional, seja pela vontade de se reinventar, conciliar carreira com maternidade ou a necessidade de ganhar uma renda extra e/ou estar insatisfeita em algum aspecto da vida. Porém, investir em uma nova carreira pode ser desafiador em diversos sentidos. Principalmente para a mulher moderna que exerce vários papéis ao mesmo tempo na sociedade.

Geralmente, elas veem como melhor opção a possibilidade de empreender a partir do próprio negócio, ter autonomia e se organizarem da melhor maneira com suas demandas. Uma alternativa que engloba todas essas características e que tem ganhando o gosto do público é a carreira de revendedora e consultora em produtos para revenda.

Ao optar por esse modelo de profissão, as mulheres conseguem, literalmente, unir o útil ao agradável. A empresária e sócia-diretora da marca de lingeries Duzani, Kátia Nunes, explica que começar a revender é uma ótima oportunidade, pois, além de terem a chance de iniciarem em uma nova carreira e se aperfeiçoarem sempre, as mulheres também podem começar seu próprio negócio sem investimento inicial.

”Foi dessa forma que mudei radicalmente de profissão, assim como outras consultoras da marca. Formada em tecnologia da informação e com um emprego estável, senti a necessidade de ter um emprego mais flexível após o nascimento do meu filho. Como já conhecia os produtos da Duzani decidi fazer dessa paixão o meu negócio e passei a revender as peças para minhas amigas e familiares. Pouco tempo depois tive a oportunidade de assumir uma representação da marca, em Belo Horizonte e há pouco mais de 2 anos temos a própria loja no Barro Preto”, contou Kátia.

Facilidade de compra e venda

Ela explica que a Duzani oferece seus produtos por catálogo, de maneira consignada, ou seja, dessa maneira, é possível começar a empreender sem custo inicial e ter ganhos bastante satisfatórios em pouco tempo. “As consultoras ainda contam com várias opções de cursos de aperfeiçoamento para atender bem suas clientes e aumentarem as vendas”, citou a empresária.

Nunes acredita que um dos motivos para tal crescimento no setor é exatamente a “falta de tempo” da mulher moderna. “Muitas não têm tempo de frequentarem lojas e escolherem as peças mais adequadas. Nesse aspecto, as consultoras surgem como uma ótima alternativa, já que elas, além de levarem os produtos até a cliente, também possuem conhecimento necessário e estão aptas a auxiliar na compra do modelo mais adequado. Dessa maneira, elas podem agir poupando tempo e gastos desnecessários para ambas as partes”, afirmou.

FonteKátia Nunes, empresária e representante da marca Duzani, em Belo Horizonte (@duzanioficialbh).

Assessoria de Imprensa

Déborah Ribeiro – Assessora de Comunicação

Letra Comunicação e Marketing

www.letracomunicacao.com

[email protected]

(31) 3236-1477 ou 98429-7565

Artigo anteriorBODYTECH SAVASSI RECEBE O FITDANCE ESTE FIM DE SEMANA
Próximo artigoDrogaria Araujo está entre as maiores e melhores empresas de Minas
■ Jornalismo: Jornalista há mais de 15 anos, Editor e um dos fundadores do jornal [ Brasil Agora (B.A) ] - [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 ■ Filiado: Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ | SJPMG) - Federação Internacional dos Jornalistas (FIJ) & na Ordem dos Jornalistas do Brasil (OJB) ■ Diretor em Minas Gerais da Associação de Imprensa Nacional (AIN) e apoio no setor Jurídico. _____________________________________________________________________ ■ Publicidade & Divulgação de Notícias MKT: Publicitário e Diretor [ Agência Grupo Conteúdo (GC) - Administradora de Jornais / Sites ] _____________________________________________________________________ ■ Advocacia: Advogado Gestor [ FJB Advocacia - Assistência Jurídica & Empresarial / Digital ] - "Associação dos Advogados Empreendedores - (AAE/OAB)". _____________________________________________________________________ ■ Canal 'Crítica Musical' com Felipe de Jesus (YouTube): https://www.youtube.com/channel/UCIWDiTUL9F-xlKwov43B5nQ _____________________________________________________________________ ■ Formação Acadêmica (Graduações): Apaixonado pela área acadêmica, Felipe de Jesus é Jornalista (Faculdade Estácio de Sá - BH/MG), Publicitário (Instituto Politécnico-SP), Teólogo (Faculdade ESABI), Sociólogo (Faculdade Polis das Artes), Economista (USIP) & Advogado (FACSAL). Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (UEMC) e atualmente cursa Eng. de Telecom. (Faculdade Nossa Senhora Aparecida) e Bacharelado em Ciências Musicais (Música) pela FACOR/MG. _____________________________________________________________________ Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ________________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]