Flordelis é denunciada como mandante da morte do marido; filhos e neta são presos por envolvimento

0
292
https://www.rbsdirect.com.br/imagesrc/25264553.jpg?w=1200&h=630&a=c&version=1575255600

A deputada Flordelis foi denunciada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro como mandante da execução do então marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019. Cinco filhos e uma neta da parlamentar foram presos na manhã desta segunda-feira (24), suspeitos de participação no homicídio.

A operação “Lucas 12”, em parceria com o Ministério Público, cumpriu nove mandados de prisão e 14 de busca e apreensão no Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo e Brasília. A deputada não foi presa por ter foro privilegiado.

Dois filhos de Flordelis também foram denunciados e estão presos há cerca de um ano, juntamente com um ex-policial militar.

Investigação

De acordo com a investigação, Flordelis é responsável pelo planejamento do assassinato, executado pelos dois filhos. A razão do crime teria sido “a disputa de poder e a emancipação financeira dela”, de acordo com nota da Polícia Civil.

A deputada está sendo indiciada por crime de homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio, falsidade ideológica, uso de documento falso e organização criminosa.

A Polícia Civil irá encaminhar à Câmara dos Deputados cópia do inquérito com resultado da investigação para “adoção de medidas administrativas cabíveis”, com o procedimento podendo levar “ao afastamento da parlamentar para que ela responda pelo crime de prisão”.

Suspensão

O PSD divulgou nota assinada pelo presidente Gilberto Kassab, anunciando a suspensão imediata de Flordelis. “Diante do indiciamento da parlamentar, o corpo jurídico do partido adotará as medidas para a suspensão imediata de sua filiação e, a partir dos desdobramentos perante a Justiça, serão adotadas as medidas estatutárias para a expulsão da parlamentar dos seus quadros”, salienta ao comunicado.0

*Paulo Henrique Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui