“Doença do beijo” aumenta após carnaval

0
425

Especialista explica como se prevenir dessa doença

Uma das principais festas do ano já está acontecendo. O Carnaval chegou e com ele alguns cuidados importantes devem ser redobrados. Nessa época do ano, é normal se sentir mais livre para se relacionar com várias pessoas, mas, exatamente por isso, este é um momento que merece cuidados redobrados em relação em saúde. Durante a folia, a incidência da Mononucleose, popularmente conhecida como Doença do Beijo, aumenta consideravelmente.

O cirurgião dentista, Thiago Pena, explica que essa é uma doença infectocontagiosa causada pelo vírus Epstein-Barr. De acordo com Thiago, a principal forma de contágio é através da saliva. Por esse motivo, a transmissão, na maioria dos casos, é feita pelo beijo, compartilhamento de talheres ou sexo oral, por exemplo. “O problema é que os sintomas demoram até três dias para aparecer. Dessa forma, o indivíduo pode transmitir a doença mais de uma vez até que ela se manifeste. Por isso, os cuidados devem ser redobrados mesmo que não haja sinais de que algo está errado”, acrescentou.

Thiago esclarece que os sintomas são parecidos com uma virose comum, com cansaço, dores musculares, fadiga, suor, dificuldade ao engolir, dor de cabeça e etc. “A Mononucleose pode ser tratada de forma simples, mas os sintomas incomodam muito. O tratamento é realizado com analgésicos, antitérmicos, líquidos e repouso”.

Outras doenças

Além da Doença do Beijo mais comum, durante o Carnaval também aumentam as ocorrências de diversos problemas relacionados a saliva e ao contato íntimo, como a herpes, sífilis e caxumba, por exemplo. “Todas essas doenças podem ser prejudiciais à saúde e causar muito incomodo. A melhor maneira de evitar isso é através da prevenção”.

O ideal é lavar as mãos com frequência, não compartilhar talheres, comidas ou bebidas e ao espirrar cobrir a boca com o antebraço para evitar que as secreções entrem em contato com o ambiente.

Fonte: Thiago Penna, cirurgião dentista. Pós-graduado em Reabilitação Oral Avançada e Harmonização Oro Facial Avançada.

Artigo anteriorRPM e Nasi desembarcam em Contagem com sucessos na versão acústica
Próximo artigoBloco infantil recebe milhares de famílias e agita Carnaval de BH, neste fim de semana
Editor e fundador do Jornal Brasil Agora [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 Diretor do 'Grupo Conteúdo' - Agência de Notícias | Publicidade & Marketing Digital. Siga o Instagram e leia outras matérias e artigos:@felipe_jesusjornalista. ______________________________________________________________________________________________ Formado em Jornalismo pela (Faculdade - FESBH), Publicidade & Propaganda (Instituto Politécnico de São Paulo), Relações Públicas (Universidade UIB/EUA), Teólogo (Faculdade ESABI/BH-MG), Sociologia (Faculdade Polis das Artes/SP), Economia (Universidade UNIP/SP), Bacharel em Direito (Universidade - UNIESP/FACSAL-BH/MG) e Ms. em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Univ. UEMC/Espanha). Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ______________________________________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui