Queda na temperatura: saiba como renovar o guarda roupa sem sair de casa

0
1530

Higienização adequada é aliada para evitar problemas respiratórios em época de frente fria; lavanderia, costura e customização são opções para economizar durante quarentena

Com a chegada da frente fria na capital mineira, muitas pessoas já se preparam para retirar os cobertores e roupas mais quentes do guarda-roupa. Porém, o momento acaba intensificando a ocorrência de doenças respiratórias, sejam relacionadas às baixas temperaturas ou devido a utilização de roupas com ácaro e odores ocasionados pelo longo tempo guardado.

Mais do que nunca, devido a pandemia de Covid-19, os cuidados para evitar problemas respiratórios devem ser redobrados. Além disso, com as medidas de isolamento social, é preciso evitar sair de casa para fazer compras que não sejam extremamente importantes. Então, como resolver essas duas questões?

Lavanderia e customização preservam e dão cara nova ao guarda-roupa

Para aproveitar cobertores e roupas utilizadas em anos anteriores, uma opção são as lavanderias e lojas especializadas em costura, renovação e customização de roupas. O empresário e diretor da Restaura Jeans, em Belo Horizonte, Edmar do Carmo, comenta que a principal vantagem da lavanderia está na higienização adequada. “Além disso, para evitar problemas respiratórios durante os períodos frios do ano, essa também é a solução ideal, já que devido ao tempo em que elas passam guardadas, sem utilização, podem se acumular muitas bactérias, fungos e ácaros que não saem facilmente com a lavagem normal feita em casa”, acrescenta.

Edmar explica que os produtos utilizados na lavanderia são produzidos exatamente com a finalidade de eliminar toda as as impurezas e preservar o tecido de qualquer peça. “Toda a lavagem é realizada com produtos especiais e aparelhos específicos distribuídos em diferentes processos de higienização. Oferecemos a opção de delivery, na qual as peças de roupa são entregues lacradas com todos os cuidados”, diz.

A renovação de peças também é uma excelente opção para economizar em época de crise e evitar as saídas desnecessárias de casa. “Pegamos uma peça que estava parada no guarda-roupa e transformamos em algo novo utilizando o tingimento, a costura e a customização. Dessa forma, o cliente pode ter uma nova roupa sem gastar muito, sem sair de casa e cumprindo as medidas de proteção que o momento atual exige”, destaca Edmar.

Fonte: Edmar do Carmo, empresário e diretor da unidade em Belo Horizonte.

Artigo anteriorFrente fria: pele e cabelo podem sofrer danos com temperaturas baixas
Próximo artigoSão Paulo: Exposição digital Queerentena, do Museu da Diversidade Sexual, será inaugurada dia 25 de maio com 60 obras
Editor e fundador do Jornal Brasil Agora [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 ______________________________________________________________________________________________ Formado em Jornalismo pela (Faculdade - FESBH), Publicidade & Propaganda (Instituto Politécnico de São Paulo), Relações Públicas (Universidade UIB/EUA), Teólogo (Faculdade ESABI/BH-MG), Sociologia (Faculdade Polis das Artes/SP) e Economia (Universidade USIP/SP). Tem Ms. em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Univ. UEMC/Espanha) e atualmente cursa Direito (Universidade - UNIESP/FACSAL-BH/MG). Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ______________________________________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui