Colágeno: um aliado a estética e saúde

0
310

Entenda a importância de consumir o colágeno após os 25 anos de idade

Muita gente já ouviu falar na proteína conhecida como colágeno, mas nem todos entendem a importância dessa substância para o organismo. Ao contrário do que muitos imaginam, a estética não é a única prejudicada pela falta desse item. Os ossos, as articulações e outras partes do organismo também precisam do colágeno para se manterem saudáveis. O problema é que, em certa fase da vida, essa proteína deixa de ser produzida naturalmente pelo corpo, causando perda da elasticidade e envelhecimento precoce da pele e dos ossos. Então, o que fazer para manter a saúde e aparência jovem depois desse período?

Geralmente, após os 25 anos, o colágeno deixa de ser produzido naturalmente e, então, é preciso encontrar formas secundárias de evitar a perda dessa proteína. O empresário Daniel Henrique, diretor do Viva Beauty, empresa responsável pela criação do colágeno mais completo do mercado, explica que a maneira mais comum de repor tal substância é através de alguns alimentos. “A alimentação saudável, rica em nutrientes que contém colágeno, auxilia a manter a proteína sempre presente no corpo, mas, infelizmente, esse é um processo mais lento e, dependendo do metabolismo do indivíduo, gera resultados insatisfatórios”.

Por isso, o empresário acrescenta que a melhor maneira de repor o colágeno de forma prática, saudável e rápida é com o uso da substância pura. “Existem diversas opções no mercado, desde cápsulas até a versão em pó, mas é preciso ficar atento com as letras miúdas dos rótulos, nem sempre eles oferecem efeitos satisfatórios. Portanto, o ideal é consumir a versão natural”, ressaltou.

Saúde x Beleza

A versão natural do colágeno é indicada para pessoas que querem se manter saudáveis ou sonham em rejuvenescer a pele. “Principalmente para quem quer unir as duas coisas, o produto natural é a melhor opção. Além de obter resultados rápidos, o consumidor pode ficar tranquilo sem se preocupar com efeitos colaterais ou substâncias inadequadas para o organismo”.

Fonte: Daniel Henrique, diretor e fundador da Box Viva e da Viva Beauty. Formado em Administração, Tecnologia da Informação e Marketing Digital, é visionário e empreendedor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui