Sonolento com a bola no pé, violento sem a redonda e derrotado na estreia do Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro mostrou na noite deste sábado, no Couto Pereira, em Curitiba, tudo que seu torcedor não queria ver do time. A falta de produtividade do setor ofensivo aliada ao destempero do lateral-direito Lucas e do volante Lucas Romero determinaram o revés da Raposa diante do Coritiba, por 1 a 0, na capital paranaense. O único gol do jogo foi marcado pelo atacante Kleber, ex-jogador cruzeirense, aos 25min do segundo tempo.

Foi a última partida do técnico interino Geraldo Delamore à frente do clube, que dorme na zona de rebaixamento ao lado de Santos, Sport e Atlético-PR. A apresentação do português Paulo Bento, contratado na última quarta após mais de duas semanas da demissão de Deivid, está marcada para a tarde de segunda-feira, na Toca da Raposa II. O antigo comandante do Sporting Lisboa e da Seleção Portuguesa chega a Belo Horizonte já neste domingo e prepara o elenco azul e branco durante a semana visando à segunda rodada do Brasileiro, no próximo sábado, às 21h, contra o Figueirense, no Mineirão.

Antes de aceitar a proposta do Cruzeiro, Paulo Bento assistiu a sete jogos da equipe na temporada. Como ainda está em Portugal, já que a viagem ao Brasil está marcada somente para a manhã deste domingo (hora de Lisboa), ele teve a oportunidade de acompanhar a oitava apresentação. Se ficou vidrado à frente da televisão, Bento não deve ter aprovado o rendimento do time. Com toque de bola lento e burocrático, o clube celeste se mostrou sonolento nos primeiros 45 minutos diante do Coritiba. A única defesa feita pelo goleiro Wilson foi num chute fraco de Willian de fora da área. No mais, bola dos laterais Lucas e Sánchez Miño para os zagueiros Leo e Bruno Rodrigo. Quando Henrique e Lucas Romero tentaram a transição, erraram passes fáceis ou foram obrigados a recomeçar na defesa. Sem contar a inofensividade do quarteto Elber, Pisano, Allano e Willian. O Coritiba, dono da casa, também abusou da incompetência. Chance de perigo somente aos 7min do primeiro tempo, com o lateral-direito Dodô. Fábio saiu para o abafa e defendeu. Esse foi o resumo de uma etapa inicial muito ruim.

Geraldo Delamore percebeu a falta de criação cruzeirense e trocou Allano, que errou quase todas suas jogadas de ataque, por Douglas Coutinho. Mas, na volta do intervalo, quem assustou primeiro foi o Coritiba. Juninho, de cabeça, exigiu grande defesa de Fábio logo a 1min. Aos 12min, o técnico interino recorreu a Ariel Cabral, volante com boa qualidade no passe. O escolhido para sair foi o também apagado Pisano. As duas substituições, porém, não deram o resultado esperado. E para piorar a situação do Cruzeiro, o lateral-direito Lucas cometeu duas faltas consecutivas em menos de um minuto e acabou expulso. Se a situação da equipe mineira já era bastante complicada, com nove jogadores na linha ficou dificílima. Fábio, responsável por quatro ótimas intervenções no decorrer do jogo, não teve chance de defesa na finalização precisa do coxa-branca Kleber, aos 25min: 1 a 0.

Para recompor o sistema defensivo, Delamore se viu obrigado a substituir o atacante Elber pelo volante Bruno Ramires, improvisado na lateral direita. Só que o descontrole celeste durante toda a partida ficou evidenciado pelo pisão do volante Lucas Romero nas costas do venezuelano Cesar González. O cartão vermelho direto mostrado ao argentino pelo árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima “coroou” o péssimo começo do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro e mostrou que o disciplinador Paulo Bento terá de ajustar muito mais que a maneira como a equipe joga futebol. O placar só não foi elástico graças à grande participação do goleiro Fábio, destaque estrelado no Paraná.

CORITIBA 1X0 CRUZEIRO

CORITIBA
Wilson; Dodô, Rafael Marques, Juninho e Carlinhos; Alan Santos, João Paulo, Ruy (Leandro, aos 16min do 2ºT) e Cesar González (Thiago Lopes, aos 33min do 2ºT); Vinícius (Ortega, aos 41min do 2ºT) e Kleber
Técnico: Gilson Kleina

CRUZEIRO
Fábio; Lucas, Leo, Bruno Rodrigo e Sánchez Miño; Lucas Romero e Henrique; Elber (Bruno Ramires, aos 26min do 2ºT), Pisano (Ariel Cabral, aos 12min do 2ºT) e Allano (Douglas Coutinho, no intervalo); Willian
Técnico: Geraldo Delamore

Gol: Kleber, aos 25min do 2ºT (CTB)
Cartões amarelos: Kleber, aos 41min do 2ºT (CTB); Henrique, aos 13min, Lucas, aos 20min e 21min do 2ºT, e Leo, aos 42min do 2ºT (CRU)
Cartões vermelhos: Lucas, aos 21min, e Lucas Romero, aos 27min do 2ºT (CRU)
Motivo: 1ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Couto Pereira
Data: sábado, 14 de maio de 2016
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima – (Asp. Fifa/RS)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Rafael da Silva Alves (Asp. Fifa/RS)
Pagantes: 6.028
Presentes: 6.426
Renda: R$ 143.630,00

Fonte: SuperEsportes

Leave a Reply

Your email address will not be published.

comentários