Correios lançam serviços de celular para baixa renda em fevereiro

0
52

O Correios começam a oferecer em fevereiro serviços de telefonia móvel. Inicialmente, serão oferecidos chips, recargas e planos pré-pagos na cidade de São Paulo. Em seguida, o Correios Celular será implantado em Belo Horizonte e Brasília e, até o fim do ano, em todos os Estados. A ideia da estatal é usar suas agências e sua rede corporativa de dados já instalados, assim como os servidores contratados para a oferta desse novo serviço.

O Correios Celular é uma rede virtual regulamentada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que usa o serviço de infraestrutura de outras companhias. A parceria da estatal, definida em chamamento público, é feita com a EUTV, que, por sua vez, usa a infraestrutura da TIM, segundo a consultoria Teleco.

Em nota, a estatal informou que tem como objetivo atender aos clientes que buscam serviços simples, práticos e prestados com transparência. A empresa informa que os pacotes serão planejados para estar entre os mais baratos do mercado. “A confiança que os clientes depositam na marca Correios e sua ampla rede de atendimento, presente em todo o país, são o diferencial da Correios Celular.”

Com o serviço, os Correios esperam ter receita de R$ 300 milhões ao longos dos primeiros cinco anos de operação. “No entanto, poderá haver revisão das estimativas conforme a evolução das demandas dos usuários e considerando a sinergia que puder ser construída face às experiências das partes”, informou a estatal ao GLOBO por meio de nota.

Outra fonte de receita futura para a empresa seriam as operações de suporte oferecidas pelos Correios, como distribuição de chips, aparelhos e acessórios. “Uma vez estabelecido o canal de comunicação móvel dos Correios com seus clientes, novos negócios poderão ser explorados nesse canal de baixo custo e alto impacto, aumentando a rentabilidade dos Correios nesse tipo de operação.”

Ontem, dia 16, os Correios deram início às inscrições do seu programa de demissões voluntárias (PDV). Para ser elegível o empregado deverá ter idade mínima de 55 anos de idade e tempo de serviço nos Correios igual ou maior a 15 anos na data do desligamento. O período de adesão vai até 17 de fevereiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui