Pré estreia / Eu Só Posso Imaginar: Amor e perseverança em busca do sonho

0
735
Eu só posso imaginar

Filme estreia dia 31 de maio; Dennis Quaid e John Michael Finley conduzem emocionante história

 

 *Jornalista Responsável B.A
*Felipe de Jesus
*Avaliação: 10 estrelas
Fotos: Thiago Miranda

 

[dropcap size=big]C[/dropcap]omo a música pode tocar os corações, contar histórias e mostrar que o perdão é possível? O filme “Eu Só Posso Imaginar” traz nomes de peso como Dennis Quaid, John Michael Finley, Madeline Carrol, Trace Adkins e etc que mostram que a música é capaz de mudar vidas. Estive na pré estreia à convite da assessora Janaina Aguiar (@uaimeup ) e longe dos exageros emocionais que vem recheando os cinemas (com histórias nada relevantes), “Eu Só Posso Imaginar” (Drama/Religioso) com direção de Andrew Erwin e Jon Erwin, conta a trajetória de perseverança de Bart Millard, (interpretado por John Michael Finley).

Pre estreia: “Eu Só Posso Imaginar Diamond Mall no dia 19/05

Ele é cantor da premiada banda MercyMe, que desde a infância é apaixonado por música (prova disso é a compra da fita cassete do U2 – The Joshua Three 1987), quando ele tinha 10 anos de idade. No entanto, a vida familiar de Bart Millard não é a das melhores. Seu pai (interpretado por Dennis Quaid), é um ex-jogador de Futebol que passa parte da vida se lamuriando. Além disso, violento já que partes do filme deixam claro que batia em Bart quanto em sua esposa, que acaba os abandonando. Obrigado a viver sozinho com seu pai sempre armagurado, Bart foge de sua cidade em busca dos sonhos e monta a banda MercyMe (Misericórdia de Mim).

Cinema cheio com Eu Só Posso Imaginar

Recomeço ))

Ainda sem um disco gravado e produtor eles vão de cidade em cidade em busca do sonho. Mas mesmo fazendo o que gostava, algo ainda incomodava Bart e sua vida não caminhava, talvez alguma pendência do passado. Assim, após um chamado de Deus, ele se afasta da banda e retoma para casa para resolver os antigos traumas do seu pai que atrapalhavam seu futuro e o perdão ressurge em seu coração. De volta a sua cidade, Bart encontra o pai com câncer e cuida dele até a morte. A canção “I Can Only Imagine” surge após esse momento e encanta dois ícones da música: Amy Grant e Michael W Smith. O resto eu deixo para vocês descobrirem no dia 31 de maio. Avaliação máxima 10 estrelas. 

Artigo anteriorVal Almeida disputa pela 4ª vez o Campeonato Mineiro de Fisiculturismo
Próximo artigoEstresse possui relação com o ganho de peso
■ Jornalismo: Editor e fundador do jornal [ Brasil Agora (B.A) ] - [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 - Filiado: FENAJ & FIJ | AIN | SINAJ | Abramídia | UBI ______________________________________________________________________ ■ Publicidade & Divulgação de Notícias MKT - Diretor [ Grupo Conteúdo (GC) ] ______________________________________________________________________ ■ Advocacia: Gestor Adv. [ FJB Advocacia - Assistência Jurídica & Empresarial / Digital ] - "Associação dos Advogados Empreendedores - (AAE/OAB)". ______________________________________________________________________ ■ Graduado: Apaixonado pela área acadêmica, Felipe de Jesus é formado em Jornalismo pela (Faculdade - FESBH), Publicidade & Propaganda (Instituto Politécnico de São Paulo), Teólogo (Faculdade ESABI/BH-MG), Sociologia (Faculdade Polis das Artes/SP), Economia (Universidade USIP), Direito/Advocacia (FACSAL/MG) , Ms. em Comunicação Social: Jornalismo e C.Informação (Univ. UEMC) e atualmente cursa Engenharia de Redes & Telecomunicações - Seg. Digital (FCCNA). ______________________________________________________________________ Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ______________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]