Paulo Miklos abre edição 2019 do projeto “Uma voz, um instrumento”, nesta sexta (14), no Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube

0
77

Ex-Titãs traz a BH seu elogiado show “A gente mora no agora”, em formato voz e violão; ingressos já estão à venda

Uma das vozes mais marcantes da moderna música brasileira, Paulo Miklos é o convidado de estreia da quarta edição do projeto “Uma voz, um instrumento”. Em formato intimista de voz e violão, o cantor traz a Belo Horizonte repertório de seu terceiro e elogiado trabalho – “A gente mora no agora”, que inclui parcerias com Erasmo Carlos, Guilherme Arantes, Nando Reis, Emicida, entre outros. A apresentação está marcada para esta sexta-feira, 14 de junho, às 21h, no Centro Cultural Minas Tênis Clube. Os ingressos já estão à venda nas bilheterias do teatro e no site eventim.com.br, com valores de R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia).

As canções de “A gente mora no agora” passeiam por influências de diversos ritmos da música brasileira, e contam com parceiros de diferentes gêneros e gerações, entre eles Emicida (A Lei Desse Troço), Erasmo Carlos (País Elétrico) e Nando Reis, que compôs Vou te Encontrar, sucesso da novela “O Outro Lado do Paraíso”, da TV Globo. O repertório do show inclui ainda grandes sucessos da carreira como vocalista e guitarrista dos Titãs, e também algumas surpresas: uma homenagem ao rapper Sabotage e outra ao sambista Adoniran Barbosa, que Miklos viveu como ator no cinema.

Sobre o álbum, o crítico musical Mauro Ferreira escreveu: “Mais do que um disco brasileiro, “A gente mora no agora” é álbum solo pop que renova e expande a assinatura do cancioneiro autoral de Miklos… Livre para voar musicalmente após a amigável saída (em julho de 2016) do grupo Titãs, Miklos fez conexões com nomes em evidência na cena contemporânea brasileira… O disco é álbum já antológico em que Paulo Miklos dá voz rouca a um repertório que dialoga entre si e aponta belo futuro para a carreira musical deste artista multimídia que se reinventou como ator.”

O projeto

O projeto “Uma voz, um instrumento” é idealizado pelo gestor e produtor Pedrinho Alves Madeira e leva ao palco, como sugere o próprio nome, um intérprete em apresentação solo, ou na companhia de um ou dois músicos. Desde sua primeira edição, em 2016, o projeto já recebeu nomes de diversos segmentos da música brasileira, entre eles, Angela Maria, Zélia Duncan, Ed Motta, Edson Cordeiro, Teresa Cristina, Angela Ro Ro e Ana Cañas. A iniciativa é uma realização do Centro Cultural Minas Tênis Clube.

SERVIÇO

“UMA VOZ, UM INSTRUMENTO” APRESENTA PAULO MIKLOS

Data: 14 de junho (sexta-feira)
Horário: 21 horas
Local: Centro Cultural Minas Tênis Clube
(Rua da Bahia, 2244 – Lourdes)
Classificação: Livre

Ingressos: R$ 50,00 (inteira) / R$ 25,00 (meia), à venda nas bilheterias do teatro e no site eventim.com.br
Outras informações: 31 3516-1360 / centroculturalminastc.com.br

Curadoria, produção e comunicação: Alves Madeira Comunicação e Produção

Realização: Centro Cultural Minas Tênis Clube

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA:  ALVES MADEIRA COMUNICAÇÃO E PRODUÇÃO

Pedrinho Alves Madeira (31) 2531-2041 / 9 9991-5542 – [email protected]

Michelle Rosadini (31) 98440-8318 | 3317-2871 – [email protected]

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here