Dezembro Laranja: mais de 180 mil novos casos de câncer de pele são descobertos por ano, no Brasil

0
177

Prevenção é o melhor remédio. Especialista dá dicas para se cuidar durante as férias

Considerado o tipo mais comum de câncer no Brasil, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de pele corresponde a cerca de 33% dos diagnósticos da doença no país. Ou seja, mais de 180 mil casos por ano. Exatamente por ser um problema tão recorrente, o mês de dezembro, também conhecido como “Dezembro Laranja”, se tornou um importante período de conscientização e combate à doença.

Um dos principais objetivos desse mês é alertar sobre a importância a respeito da prevenção e diagnóstico precoce. O dermatologista, Fábio Gontijo, explica que descobrir a doença nos primeiros sinais pode ser a resposta decisiva para obter a cura. “Um dos principais motivos de óbito refere-se a doença em um estágio avançado. Por isso, estar com os exames sempre em dia é fundamental em qualquer época da vida”, destacou o médico.

Sinais

Geralmente, os primeiros sintomas surgem nas áreas mais expostas ao sol, como rosto, pescoço e orelhas. O especialista indica que eles surgem como manchas que coçam, ardem, descamam e/ou sangram, além de feridas que não cicatrizam em até quatro semanas. “Ao localizar qualquer um desses sintomas, o recomendado é sempre procurar um dermatologista o quanto antes”, completou.

Verão

O Dezembro Laranja não é apenas uma data aleatória. Além do Dia do Combate ao Câncer de Pele, celebrado no primeiro dia do mês, é nesse período que começa a estação do ano em que é necessário redobrar os cuidados: o verão.

Fábio ressalta que o sol é o principal vilão para a saúde da pele. Portanto, em uma estação que, naturalmente, as pessoas ficam mais expostas, a prevenção precisa ser ainda maior. “Nesse momento, não devemos esquecer do protetor solar! Ele é nosso principal aliado no combate às diversas doenças da pele. Além disso, vale lembrar sobre a importância de manter a hidratação constante para preservar o organismo e auxiliar no bem-estar da pele”.

Fonte: Dr. Fábio Gontijo, Médico Dermatologista, formado pela UFMG em 2009, Dermatologista Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologista (SBD), Especialista em Oncodermatologia pelo Hospital Albert Einstein, com MBA em Gestão em Saúde pela FGV. Contato: www.fabiogontijo.com.br ou @dr.fabio.gontijo no Instagram.

O Dr. Fábio Gontijo está disponível para contato pelo site www.fabiogontijo.com.be ou pelo @dr.fabio.gontijo no Instagram!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui