Como o seu inconsciente afeta sua vida financeira?

0
598

Crenças negativas influenciam diretamente a prosperidade em relação ao dinheiro. O método ThetaHealing é aliado para eliminar tais limitações

Durante a vida, principalmente na infância, costumamos ouvir definições das mais diversas sobre o dinheiro. Para alguns, esse “pedaço de papel” pode vir carregado de energias ruins, ser a motivação para sentimentos e desejos sombrios e, até mesmo, destruir relações com pessoas próximas. Mas, ao mesmo tempo, em vários momentos, todos são condicionados a lutar por uma vida financeira próspera e repleta de abundância. Mas, o que muita gente não imagina, é que essas duas situações interligadas podem trazer diversas frustrações ao longo da vida, entre elas, a dificuldade em manter uma relação saudável com o dinheiro.

A instrutora de ThetaHealing, Amanda Pissolati, explica que, em diversos casos, a falta de prosperidade tem relação direta com as crenças limitantes: “Essas crenças são o que somos condicionados a acreditar, mas esses padrões de escassez também estão ligados diretamente a falta de estrutura e apoio familiar.

Por exemplo, quando escutamos diversas pessoas dizerem que o dinheiro causa a corrupção ou que ele é a raiz para todo o mal existente no mundo, inconscientemente, criamos uma relação de afastamento com o mesmo. Consequentemente, na vida adulta, mesmo que o nosso objetivo seja ter uma vida financeira saudável, sempre que nos deparamos com a oportunidade de ganhar mais dinheiro, nos auto sabotamos”, complementou.

ThetaHealing

De acordo com Amanda, o ThetaHealing é uma técnica de cura quântica, que atua em todos os níveis, seja físico, emocional, mental e espiritual. “Ela é baseada no fato que nossa realidade se manifesta a partir das nossas crenças. Então, trabalhando as nossas crenças, também podemos nos curar. Uma opção para auxiliar no desbloqueio dessas emoções é o ThetaHealing”, afirmou.

Exatamente por isso, esse método é um dos principais aliados para eliminar as temidas crenças limitantes em relação ao dinheiro. “Dessa forma, conseguimos identificar como e em que momento surgiu o ‘medo’ pelo dinheiro e, consequentemente, é possível reprogramar o cérebro e o inconsciente para lidar melhor com a vida financeira”.

Fonte: Amanda Pissolati, administradora, empreendedora e instrutora de ThetaHealing do Semente Quântica. Certificada como instrutora máster da técnica. Com mais de 30 cursos como praticante e 12 como instrutora.

Artigo anteriorDezembro Laranja: mais de 180 mil novos casos de câncer de pele são descobertos por ano, no Brasil
Próximo artigo“Festival da Batata Frita” acontece simultaneamente em 8 estados e com preço fixo de R$10
[ Jornalista e Editor do Brasil Agora - em BH/MG] - Graduação: Jornalista (FESBH), Teólogo (F.ESABI), Sociólogo e Letras (F.Polis das Artes) e Economista (UNIP). Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Universidade Europeia Miguel de Cervantes/UEMC), Doutorado Prof. em Ciências Sociais e Políticas (USIP) e atualmente cursa Direito (UNIESP-BH). Apaixonado por música, colabora no "CulturalizaBH/Portal UAI" e na "TV Balcão" com a coluna "Crítica Musical" falando sempre sobre álbuns, coberturas de shows e etc. Tem como hobbie comprar CDs e também vinis. É também apaixonado por Sociologia, tanto que de sua graduação em Ciências Sociais: Sociologia, se tornou colunista de Opinião & Comportamento do portal da "RedeTV!" e "Rondônia Digital" e desta coluna, nasceu o "E-book: Sociedade Conectada: a Influência da Internet no Cotidiano". Da Economia, área ao qual foi repórter e sub-editor, se tornou colunista no "Divulga Gerais" após sua graduação em Ciências Econômicas: Economia. É colaborador de Jornais/Portais de Notícias, Diretor do Grupo Conteúdo - Agência de Notícias - Sites e também editora e assina matérias em alguns jornais de Minas Gerais e do Brasil. A escrita é sua maior base e paixão no Jornalismo. [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui