Candidata vítima de violência doméstica destaca importância de leis mais duras sobre o tema

0
296

Fernanda Fiuza quer usar a sua experiência e voz para auxiliar outras mulheres que são vítimas da mesma situação

Ao longo dos anos, as mulheres vem ganhando mais protagonismo na sociedade. Porém, ainda existe uma longa jornada para que realmente haja igualdade e o ambiente doméstico – ainda marcado por diversos tipos de violência e preconceito contra o público feminino – forneça o que elas precisam e têm direito. Mesmo com a criação de leis acerca do assunto, o sistema ainda é falho e coloca diversas mulheres em situação de vulnerabilidade diariamente.

De acordo com dados da Polícia Civil, mais de 250 mil mulheres foram vítimas de violência doméstica entre 2018 e 2020. Enquanto isso, segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), entre março e maio deste ano – quando se deu início a pandemia mundial de coronavírus e quarentena no Brasil – o índice de feminicídio aumentou 2,2% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Exatamente por isso, a candidata a vereadora, Dra. Fernanda Fiuza (Candidata Dentista), coloca como um dos principais destaques esse tema. Fernanda é uma das mulheres que já esteve presente nas tristes e preocupantes estatísticas de violência contra a mulher. A candidata conta que sofreu por 10 anos com abusos físicos e psicológicos em um relacionamento.

“É uma situação muito difícil para quem é vítima. Pois o abuso, geralmente, nos deixa impotentes e com medo de reagir. Por isso, o apoio de quem está de fora, principalmente dos nossos representantes públicos, é fundamental. Porém, não tem como esse apoio ser efetivo se não tivermos meios realmente acolhedores para as vítimas e penas mais rígidas para os agressores. Por isso, é necessário intensificar essa rede realizada nos órgãos públicos. Precisamos de mais voz e locais que realmente dêem segurança, ao invés de piorar situação como já podemos observar em diversos casos”, acrescenta.

Superação

Graças ao amparo recebido de entes queridos e a coragem de se recuperar das agressões para ajudar outras mulheres vítimas da mesma situação, atualmente, Dra. Fernanda Fiuza vive uma nova história. Casada com o diretor de palco e apresentador, Liminha do SBT, ela encontrou no apoio do marido e na própria força a motivação que precisava para enfrentar os obstáculos e tentar criar uma nova realidade para o público feminino.

Assim, a candidata que também luta pelos direitos em sua profissão, a odontologia, promete continuar a luta diária para combater a violência e valorizar a presença feminina em todos os ambientes da sociedade. “Isso só será possível quando nossos representantes políticos tiverem os mesmos ideais e desejos. Por isso, embarquei nessa missão para incentivar as mulheres a serem protagonistas e viverem suas vidas da forma que elas desejarem e com a segurança que elas têm direito”, garante.

Fonte: Dra. Fernanda Fiuza, Candidata Dentista (17.777), candidata a vereadora de Belo Horizonte, dentista especialista em Paralisia Facial. #drafernandafiuza #fernandafiuza #fernandaliminha

“Nosso voto não é comprado, nosso voto é conquistado!”

Artigo anteriorMaior evento brasileiro de mulheres na tecnologia, a She’s Tech Conference, será online e terá duas integrantes do Internet Hall of Fame
Próximo artigoPandemia revela nova realidade para o mercado imobiliário
■ Jornalismo: Editor e um dos fundadores do jornal [ Brasil Agora (B.A) ] - [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 - Filiado: FENAJ & FIJ | AIN | SINAJ | Abramídia | UBI ______________________________________________________________________ ■ Publicidade & Divulgação de Notícias MKT: Diretor [ Grupo Conteúdo (GC) ] ______________________________________________________________________ ■ Advocacia: Gestor Adv. [ FJB Advocacia - Assistência Jurídica & Empresarial / Digital ] - "Associação dos Advogados Empreendedores - (AAE/OAB)". ______________________________________________________________________ ■ Canal 'Crítica Musical' com Felipe de Jesus (YouTube): https://www.youtube.com/channel/UCIWDiTUL9F-xlKwov43B5nQ ______________________________________________________________________ ■ Graduado: Apaixonado pela área acadêmica, Felipe de Jesus é formado em Jornalismo pela (Faculdade - FESBH), Publicidade & Propaganda (Instituto Politécnico de São Paulo), Teólogo (Faculdade ESABI/BH-MG), Sociologia (Faculdade Polis das Artes/SP), Economia (Universidade USIP), Direito/Advocacia (FACSAL/MG) , Ms. em Comunicação Social: Jornalismo e C.Informação (Univ. UEMC) e atualmente cursa Engenharia de Telecomunicações & TV (F.Nossa Senhora Aparecida / EAD). ______________________________________________________________________ Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ______________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]