Canta Mariana anuncia os vencedores do Festival

0
842

Guto Rabello, vencedor do Canta Mariana – Festival da Canção 2020 – Reprodução da transmissão ao vivo.

Final da quarta edição do evento foi realizada no último sábado (07), com transmissão ao vivo pelo YouTube e Facebook; Chitãozinho & Xororó, que comemoram 50 anos de carreira, foram homenageados pelo evento

Acabou a ansiedade dos finalistas da edição de 2020 do Canta Mariana – Festival da Canção. Os vencedores foram anunciados durante a transmissão da final, realizada no último sábado (07). As dez canções finalistas foram avaliadas pelo júri, formado por grandes nomes da música: produtor musical Bruno Perdigão, tecladista, pianista e professor de percepção musical; Felipe Moreira; e João Lucas, da dupla João Lucas & Diogo. O evento, que foi apresentado por Heberton Lopes, contou com a presença do Prefeito de Mariana, Duarte Júnior.

O Canta Mariana – Festival da Canção foi criado em 2017 e desde então segue revelando talentos e incentivando o gosto pela Música Popular Brasileira (MPB). Na edição de 2020, que foi realizada totalmente on-line, em virtude da pandemia, foram inscritas 829 composições, de 23 estados brasileiros. Todas as composições inscritas foram ouvidas pelo corpo de jurados, que classificaram 20 para a semifinal e depois 10 conquistaram lugar entre as finalistas.

O produtor musical Bruno Perdigão ressaltou a importância do Canta Mariana para a cultura. “Este Festival abre possibilidades para vários estilos que não têm espaço comercial em rádios e televisões”, explica. O pianista, tecladista e professor de Música, Felipe Moreira, vê o festival como uma alternativa para quem deseja mostrar a sua arte. “É uma oportunidade para centenas de compositores espalhados pelo Brasil e a gente percebe a riqueza do nosso país diante da diversidade das canções que recebemos, de vários estilos e regiões”, pontua.

João Lucas destacou o mix de estilos que estiveram presentes entre os finalistas. “O mais interessante foi ver a versatilidade das músicas e a qualidade de muitas delas. Estou muito feliz por ver que tem tanta gente compondo pelo Brasil, que está repleto de artistas de alto nível”, completa o cantor.

Canções vencedoras:

1º lugar: Violeiro Cantador, de Guto Rabello (Montes Claros/MG), que leva o troféu e R$ 12.000,00.

2º lugar: Inteira, de Marcia Cherubin (Santo André/SP), que leva o troféu e R$ 8.000,00.

3º lugar: Sabe-Se Lá, de Valéria Velho (Tietê/SP), que o troféu e R$ 5.000,00.

Melhor intérprete: Pequena, de Joice Terra (São Sebastião/SP), que leva o troféu e R$ 2.500,00.

Prata da Casa: Florescer, de Wandrey (Mariana/MG), que leva o troféu e R$ 2.500,00.

Homenagem a Chitãozinho & Xororó

A edição de 2020 do Canta Mariana – Festival da Canção homenageou uma das duplas sertanejas mais tradicionais do Brasil: Chitãozinho & Xororó, que comemoram 50 anos de carreira.  Os cantores marianenses Marcelo Oliveira e Bruno Martins subiram ao palco com o show “Buteco Sertanejo” e cantaram sucessos dos homenageados e outros hits da música sertaneja.  O jurado João Lucas fez uma surpresa com uma participação especial na apresentação.

Serviço

Canta Mariana – Festival da Canção 2020

Vídeos disponíveis pelos links abaixo

YouTube: https://bit.ly/Amar-mariana

Facebook: https://fb.com/amarmarianamg

Artigo anteriorEmpresa mineira cria dispositivo “anti-coronavírus” para bebedouros
Próximo artigoVai Ter Samba inicia vendas de ingressos
Editor e fundador do Jornal Brasil Agora [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 __________________________________________________________________________ Diretor do 'Grupo Conteúdo' - Agência de Notícias | Publicidade & Marketing Digital. Siga o Instagram e leia outras matérias e artigos no perfil:@felipe_jesusjornalista. __________________________________________________________________________ Diretor Responsável do "F&J - Escritório de Assistência & Prevenção Jurídica". __________________________________________________________________________ Formado em Jornalismo pela (Faculdade - FESBH), Publicidade & Propaganda (Instituto Politécnico de São Paulo), Relações Públicas (Universidade UIB/EUA), Teólogo (Faculdade ESABI/BH-MG), Sociologia (Faculdade Polis das Artes/SP), Economia (Universidade UNIP/SP), Bacharel em Direito (Universidade - UNIESP/FACSAL-BH/MG) e Ms. em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Univ. UEMC/Espanha). Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ____________________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui