Homens buscam cada vez mais por cirurgias plásticas

0
586

Levantamento da SBCP mostra que em cinco anos quadruplicou o número de cirurgias estéticas realizadas no Brasil, entre o público masculino

Engana-se quem pensa que apenas as mulheres dominam as clínicas de cirurgia plástica e salas de consultórios em busca de profissionais desta área. O público masculino vem registrando aumentos significativos na busca por procedimentos de beleza em diferentes áreas. Segundo levantamento da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), em cinco anos, quadruplicou o número de cirurgias estéticas realizadas em homens no Brasil. A quantidade de procedimentos passou de 72 mil para 276 mil ao ano.

O cirurgião plástico Jorge Menezes, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, comenta que os homens estão quebrando essa resistência contra esse tipo de procedimento, que antes era feito sobretudo por mulheres, e se aliando cada vez mais aos tratamentos estéticos. “Entre os procedimentos mais realizados pelo público masculino destaca-se a retirada do excesso de mama ou ginecomastia, cirurgia de pálpebra e a lipoaspiração. Além disso, muitos fazem procedimentos na face, como botox, preenchimento e harmonização facial”.

O especialista acrescenta que a cirurgia de correção de mama é realizada por meio de uma pequena incisão, feita de forma discreta no contorno da aréola. Já a lipoaspiração remove o excesso de gordura, e se for o caso, o tecido mamário. “Geralmente no homem, a glândula mamária não se desenvolve. Porém, ela pode se tornar saliente ou muito alterada, por desequilíbrios hormonais, obesidade, hereditariedade ou doença, causando grande desconforto estético e até emocional. Alguns homens evitam algumas atividades para esconder essa condição, como academias e até intimidades”, comentou o médico.

Fatores

Para Jorge Menezes, o aumento da expectativa de vida do brasileiro e a presença de homens mais velhos no mercado de trabalho podem ser fatores que colaboram para o aumento da participação masculina em consultórios de cirurgia plástica. Além disso, muitos homens ao se relacionarem com mulheres mais novas acabam se alinhando à ideia de manter uma aparência mais jovem e saudável. “Com o passar dos anos, os homens têm buscado cada vez mais a melhoria da qualidade de vida, que inclui o cuidado com a saúde, a preocupação com a aparência e a vaidade com o corpo”.

O médico ainda afirma que a boa comunicação com o cirurgião plástico é crucial para que o paciente se sinta confortável para realizar o procedimento. Por isso, é importante deixar de lado o constrangimento e falar abertamente. “O padrão de planejamento de qualquer procedimento realizado em um homem é igual ao de uma mulher também. São avaliadas todas as expectativas técnicas e as condições de saúde do paciente, para que o procedimento ocorra com todos os cuidados e deixe o paciente satisfeito”, garantiu o diretor da clínica Esthetic Care, em Belo Horizonte.

Fonte: Dr. Jorge Antônio de Menezes (CRM – MG 19854), Cirurgião Plástico titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Mestre em Cirurgia Plástica pela Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP. Membro titular da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia. Proprietário da Esthetic Care – Clínica de Cirurgia Plástica e Medicina Estética (@esthetic.care e @vidapos60).

Artigo anteriorNovo espaço da clínica Angiomais chama atenção no bairro Castelo em Belo Horizonte
Próximo artigoLiquida Via: destacou, clicou, economizou!
*Jornalismo: Editor e fundador do jornal [ Brasil Agora (B.A) ] - [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 - Filiado: FENAJ | AIN | SINAJ | Abramídia & União Brasileira de Imprensa (UBI) ______________________________________________________________________ *Agência de Divulgação de Notícias - Pub & MKT: Diretor [ Grupo Conteúdo (GC) ] ______________________________________________________________________ *Advocacia: Ass. Adv. - [ FJB Advocacia - Assistência Jurídica & Empresarial ] - Membro da "Associação dos Advogados Empreendedores - (AAE/OAB)". ______________________________________________________________________ *Graduado em: Jornalismo pela (Faculdade - FESBH), Publicidade & Propaganda (Instituto Politécnico de São Paulo), Relações Públicas (Universidade UIB/EUA), Teólogo (Faculdade ESABI/BH-MG), Sociologia (Faculdade Polis das Artes/SP), Economia (Universidade USIP), Advocacia/Direito - Adv. (FACSAL/MG) e Ms. em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Univ. UEMC/Espanha). ______________________________________________________________________ Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ______________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui