Check-up médico após recuperação da Covid 19 é fundamental para o paciente

0
399

Avaliação médica pode evitar consequências para a saúde a curto, médio e longo prazo!

A pandemia da Covid 19 que se alastra desde meados de março de 2020 no Brasil e desde antes em outras partes do mundo fazendo muitas vítimas. Felizmente, o número de casos com pacientes recuperados é superior ao de perdas. No Brasil, atualmente, cerca de 8 milhões de pessoas se recuperaram da doença, enquanto quase 240 mil vidas foram perdidas.

Segundo pesquisa realizada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), um grupo de pacientes recuperados da COVID e que está sendo acompanhado pelos pesquisadores, afirma que após a doença sintomas como fadiga e falta de ar permaneceram, além de impactos no estado emocional. Essa pesquisa mostra a importância da assistência à saúde do paciente após sua recuperação.

Para o clínico geral e nefrologista Dr. Luís Gustavo Trindade, o check-up pós Covid é mais do que necessário. “Durante o período de manifestação da doença, muitos dos pacientes apresentaram complicações em alguns sistemas do corpo, o que se fez necessário ações de assistência médica para garantir a saúde dessas pessoas. É ideal que elas continuem se preocupando com a sua qualidade de vida após a doença, mas infelizmente, nem todas têm esse cuidado.”

Sistemas mais afetados pela COVID

O especialista comenta que as complicações que acometem o sistema respiratório, especificamente o pulmão, são as mais comuns. “Na COVID-19, o paciente pode apresentar dificuldade para respirar e evoluir para casos mais graves como a síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA). Mesmo após a recuperação da fase aguda da doença, existe a possibilidade de complicações para a saúde a longo prazo em outros sistemas do corpo, entre eles o cardiovascular, urinário, endócrino e neurológico”, alertou o médico.

Ele ainda acrescenta que os casos devem ser estudados e acompanhados individualmente por um profissional especializado, pois apenas ele saberá indicar ao paciente um tratamento personalizado e eficaz para sua reabilitação pós-covid. “Infelizmente, essas sequelas não são necessariamente percebidas imediatamente, permanecendo como enigmas que aos poucos vão sendo desvendados pela ciência. Portanto, é fundamental um seguimento médico, principalmente nos pacientes muito sintomáticos ou que enfrentaram de forma grave a doença, com necessidade de internação e uso de respiradores, a investigação deve ser ainda mais criteriosa e com todos os auxílios especializados necessários”.

Fonte: Luís Gustavo Trindade é médico especialista em Clínica Médica pela Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (FHEMIG). Possui título de especialista em nefrologia pela Sociedade Brasileira de Nefrologia. Possui especialização em transplante renal pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Atualmente faz parte do corpo clínico da Rede Mater Dei de Saúde.

Artigo anteriorHerança gastronômica: Brocojó conquista visitantes do Santuário do Caraça
Próximo artigoComprar em um brechó infantil pode ser uma ótima ideia
Editor e fundador do Jornal Brasil Agora [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 ________________________________________________________________________ Diretor do 'Grupo Conteúdo' - Agência de Notícias | Publicidade & Marketing Digital. Siga o Instagram e leia outras matérias e artigos no perfil:@felipe_jesusjornalista. ________________________________________________________________________ Gestor Adv. - | FJ - Escritório de Assistência Jurídica - EAJ |. Membro da "Associação dos Advogados Empreendedores - (AAE-OAB) ________________________________________________________________________ Formado em Jornalismo pela (Faculdade - FESBH), Publicidade & Propaganda (Instituto Politécnico de São Paulo), Relações Públicas (Universidade UIB/EUA), Teólogo (Faculdade ESABI/BH-MG), Sociologia (Faculdade Polis das Artes/SP), Economia (Universidade USIP), Bacharel em Direito (Universidade - UNIESP/FACSAL-BH/MG) e Ms. em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Univ. UEMC/Espanha). ________________________________________________________________________ Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ________________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui