Banda Paz-Me apresenta seu primeiro Cd ‘Casa de Roça’

0
829

Da Tereza, Adoro o Sol, Casa de Roça e Aqui Não
Cai Não são alguns dos grandes hits do
primeiro disco do grupo mineiro

Com muito amor e paixão pela música, o grupo mineiro Paz-Me formado nos anos 2000 por Raufe Pereira (vocal), Scott Ferreira (bateria) e Charles Galvani (Baixo) vem desempenhando um trabalho primoroso com o objetivo de fazer música brasileira sem compromissos com tendências e estilos. Prova disso foi que após o lançamento do seu primeiro EP no ano de 2004 (com cinco faixas e uma releitura), o grupo ganhou notoriedade e esteve presente na semifinal do saudoso “Pop Rock Brasil”, da Rádio 98 FM.

A partir disso a banda foi convidada para participar dos dois Volumes da  “Coletânea Membrana”, álbum de sucesso produzido pelo Selo Membrana. Nesse projeto a Paz-Me teve duas músicas inseridas que foram: Aqui Não Cai Não e Hoje Você Vai Comigo. Daí para frente o grupo Paz-Me gravou o seu primeiro vídeo clipe ganhando popularidade em portais de notícias, jornais e blogs dando o “gás” suficiente para enfim gravar o seu primeiro álbum “Casa de Roça”.

Com a pegada do bom e velho “Rock And Roll” e demais influências musicais, o grupo gravou em seu primeiro disco “Casa de Roça” 10 canções muito bem trabalhadas. Da Preta, Da Tereza, Da Maria, Adoro o Sol, Hoje Você Vai Comigo, Matuto, Casa de Roça, Da Nilma, Seu Manel e Aqui Não Cai Não completam o disco que traz toda uma temática mineira.

Capa do CD: Casa de Roça

De acordo com Scott Ferreira, (baterista), o titulo “Casa de Roça” foi dado pela pegada da banda com questões cotidianas do interior. “O princípio da banda é o de trazer paz para as pessoas. Casa de Roça combinou com o todo o CD, com todo o contexto, desde as músicas quanto às letras. A maioria das letras trazem essa questão do interior como, por exemplo, Matuto, Da Nilma e etc. Ou seja, com essa conjunção do interior demos o nome Casa de Roça”, explicou.

Já para Charles Galvani (baixista), o nome “Casa de Roça” foi praticamente a última coisa definida do álbum. “Nós fomos compondo, compondo e coincidentemente vimos que metade das músicas do disco tinha esse aspecto regional.  Assim, no final de tudo, escolhemos o nome Casa de Roça porque fechava bem a questão da tranqüilidade e tal. Contudo, Não queremos limitar o conceito do cd, porque quem for escutar o álbum pode achar que vai ouvir algo parecido com Sá e Guarabira , o que seria uma honra pra gente mas não foi este o resultado final.  Tenho certo receio disso, mas acredito que quem parar para ouvir o nosso disco vai gostar do trabalho que fizemos”, comentou.

Já disponível

O álbum “Casa de Roça” está disponível no formato físico e também no formato digital. Para os que quiserem conhecer mais sobre o trabalho da banda, ele já está disponível no site da banda: http://www.pazme.com.br .Em breve o disco estará disponível também nos canais de digitais como Deezer e Spotify.

 

Serviço:

Banda Paz-Me apresenta seu primeiro Cd ‘Casa de Roça’

Site: http://www.pazme.com.br

E-mail: [email protected]

Setorial Comunicação Empresarial

E-mail: [email protected]

Fotos: Divulgação Banda Paz-Me

@Direitos Autorais e Intelectuais Reservados – 2018

Artigo anteriorQualidade: Consultório Drª. Laís Simas reúne amigos e familiares em sua inauguração
Próximo artigoIta Park é atração para se divertir no feriado da independência em BH
Editor e fundador do Jornal Brasil Agora [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 __________________________________________________________________________ Diretor do 'Grupo Conteúdo' - Agência de Notícias | Publicidade & Marketing Digital. Siga o Instagram e leia outras matérias e artigos no perfil:@felipe_jesusjornalista. __________________________________________________________________________ Diretor Responsável do "F&J - Escritório de Assistência & Prevenção Jurídica". __________________________________________________________________________ Formado em Jornalismo pela (Faculdade - FESBH), Publicidade & Propaganda (Instituto Politécnico de São Paulo), Relações Públicas (Universidade UIB/EUA), Teólogo (Faculdade ESABI/BH-MG), Sociologia (Faculdade Polis das Artes/SP), Economia (Universidade UNIP/SP), Bacharel em Direito (Universidade - UNIESP/FACSAL-BH/MG) e Ms. em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Univ. UEMC/Espanha). Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ____________________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui