Saúde em dia: Cirurgia Bariátrica um procedimento que ainda traz muitas dúvidas nos pacientes

Dra. Marta Lima (da LM Heath) fala sobre a cirurgia e tira dúvidas pertinentes
a respeito do tema exemplificando o que é mito e verdade

É muito comum ver pessoas que já tem uma pré-disposição para adquirir alguns quilos a mais, mas nem sempre caindo na margem da temida “Obesidade”. O problema é que às vezes pela falta de informação a respeito da “Cirurgia Bariátrica”, muitas pessoas acabam recorrendo ao procedimento sem antes entender quem pode e quem não precisa de fato fazer a Cirurgia. Além disso, do que é “verdade” e do que é “mito” sobre a Cirurgia Bariátrica. Por esse motivo, ter mais noção a respeito desse procedimento é de suma relevância no mundo digital, onde nem sempre as informações são precisas a respeito de tais situações. Para isso, a Dra. Marta Lima (Médica e Especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo) da “LM Health”, fala sobre o procedimento tirando algumas dúvidas comuns de quem deseja fazer a Cirurgia Bariátrica. Veja o que é mito e o que é verdade. Confiram a entrevista.

– QUALQUER PESSOA PODE REALIZAR A CIRURGIA BARIÁTRICA?

Mito. A cirurgia é para pacientes com obesidade mórbida dos graus 3 ou mais, com indicação médica! Paciente com IMC maior do que 40 , ou pacientes com IMC maior do que 35 com doenças associadas a obesidade.

– A CIRURGIA DEIXA O PACIENTE MAGRO PARA SEMPRE?

Mito. A cirurgia é parte de um tratamento para a doença crônica que é a obesidade , sendo necessárias a mudança de habitos e comprometimento do paciente. Com disciplina o paciente faz desse programa de tratamento um sucesso. Consulte sempre um cirurgião bariátrico.

-É VERDADE QUE NÃO PODE TOMAR COMPRIMIDO INTEIRO ?

Mito. Após a cirurgia o paciente tem capacidade de tomar comprimidos de maneira normal , porém em alguns casos , quando o paciente sente-se inseguro ou quando ele toma diversas medicações recomendamos macerar os comprimidos para facilitar a ingesta, mas esta conduta não é obrigatória.

– A CIRURGIA BARIÁTRICA TEM CONTRAINDICAÇÕES ?

Verdade. A cirurgia bariátrica também tem suas contra indicações. Pacientes com doenças psiquiátricas descontroladas , e dependência de álcool ou drogas tem contraindicação de gastroplastia. Pacientes com compulsão alimentar descontrolada e sem tratamento e seguimento psicológico e psiquiátrico também tem contraindicação, mesmo que momentanea ate o controle dos sintomas e tratamento adequado.

– QUEM FAZ A BARIÁTRICA NÃO PODE ENGRAVIDAR?

Mito. Após a Bariátrica a paciente pode sim engravidar! Com seguimento medico adequado e cuidadoso, com a recomendação de aguardar ao menos 18 meses após a cirurgia. Inclusive a perda peso contribui para a regulação dos hormônios femininos melhorando a fertilidade e as chances de engravidar

– A CIRURGIA BARIÁTRICA “PODE ATÉ” RESOLVER DIABETES E PRESSÃO ALTA LIVRANDO OS PACIENTES DOS REMÉDIOS?

Verdade. A cirurgia Bariátrica possui efeitos metabólicos s e hormonais, que aliados ao emagrecimento podem melhorar muito as doenças associadas como pressão alta e diabetes e em alguns casos , possibilitar ao paciente operado uma vida livre de remédios diários, sempre com seguimento da equipe multidisciplinar continuo e controle com consultas e exames de rotina.

– NUNCA MAIS VOU PODER COMER NORMAL APÓS A CIRURGIA BARIÁTRICA?

Mito. A alimentação , passadas as fases de dietas especificas de pós operatório, é basicamente normal , porem com um restrição importante de quantidade. Verdade é também que alguns pacientes encontram desafios maiores ao longo do pós operatório tardio ( cerca de apos 6 meses) , com maior dificuldade alimentar . Mas isso ocorre de forma pessoal e de acordo com o metabolismo e adaptação de cada um. De maneira geral , com bons hábitos alimentares e uma dieta regrada com auxilio de uma nutricionista a alimentação pode ser muito próxima ao normal para a maioria dos pacientes operados.

-TODOS TEM QUEDA DE CABELO E UNHAS QUEBRADIÇAS ?

Verdade. A grande maioria dos pacientes tem principalmente queda de cabelo , devido à restrição alimentar no pós operatório, por isso a grande importância da reposição vitamínica adequada , para minimizar tais efeitos . As unhas quebradiças ocorrem de maneira menos comum, mas também pode fazer parte do pós operatório. As vezes o auxilio de um colega especialista – Dermatologista-torna-se necessário.

– TODOS QUE FAZEM A CIRURGIA PRECISAM FAZER PLÁSTICA?

Mito. A cirurgia plástica reparadora se faz necessária em pacientes com grandes sobras de pele que acabam se tornando incapacitantes atrapalhando na locomoção e na higiene. Porem não é obrigatória a todos os pacientes operados . Em muitos casos o paciente passa por um emagrecimento importante , porem com atividade física e suplementação adequada , ela passa a ser uma opção do paciente, Além de fatores como idade e composição da pele (genética) também afetam essa decisão. A Cirurgia Plástica reparadora é realizada pelo cirurgião plástico , consulte sempre um especialista.

 

Texto:
Felipe de Jesus – Jornalista

Artigo anteriorBloco do Amor: Paulinho da Viola mostra “que o Samba não tem fronteiras” e faz apresentação marcante ao lado de sua filha Beatriz Rabello
Próximo artigoAlimentação | Suco de Beterraba melhora o rendimento nos treinos
■ Jornalismo: Jornalista há mais de 15 anos, Editor e um dos fundadores do jornal [ Brasil Agora (B.A) ] - [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 ■ Filiado: Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ | SJPMG) - Federação Internacional dos Jornalistas (FIJ) & na Ordem dos Jornalistas do Brasil (OJB) ■ Diretor em Minas Gerais da Associação de Imprensa Nacional (AIN) e apoio no setor Jurídico. _____________________________________________________________________ ■ Publicidade & Divulgação de Notícias MKT: Publicitário e Diretor [ Agência Grupo Conteúdo (GC) - Administradora de Jornais / Sites ] _____________________________________________________________________ ■ Advocacia: Advogado Gestor [ FJB Advocacia - Assistência Jurídica & Empresarial / Digital ] - "Associação dos Advogados Empreendedores - (AAE/OAB)". _____________________________________________________________________ ■ Canal 'Crítica Musical' com Felipe de Jesus (YouTube): https://www.youtube.com/channel/UCIWDiTUL9F-xlKwov43B5nQ _____________________________________________________________________ ■ Formação Acadêmica (Graduações): Apaixonado pela área acadêmica, Felipe de Jesus é Jornalista (Faculdade Estácio de Sá - BH/MG), Publicitário (Instituto Politécnico-SP), Teólogo (Faculdade ESABI), Sociólogo (Faculdade Polis das Artes), Economista (USIP) & Advogado (FACSAL). Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (UEMC) e atualmente cursa Eng. de Telecom. (Faculdade Nossa Senhora Aparecida) e Bacharelado em Ciências Musicais (Música) pela FACOR/MG. _____________________________________________________________________ Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ________________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]