CENSA reforça a importância da família no tratamento de pessoas com deficiência intelectual

0
354

Participação efetiva dos pais e responsáveis exerce um papel fundamental também na inclusão social dos educandos

Natália Costa, psicóloga e diretora do CENSA Betim

As pessoas com deficiência intelectual severa precisam de uma equipe multidisciplinar para desenvolver seus sentidos, habilidades e personalidade. Por isso, o papel dos profissionais de saúde e educação que desenvolvem esse trabalho é de suma relevância. No Brasil existem poucas instituições que se destinam a esse fim, cujo objetivo é oferecer a intervenção adequada para ampliar potencial desse público, levando em conta as limitações, mas com o foco no potencial de cada indivíduo. Seguindo esse pensamento, o CENSA – Centro Especializado Nossa Senhora D’Assumpção (BR-381, 494 – Jardim Petrópolis, Betim – MG) que completa 55 anos de atuação, vem fazendo um trabalho destacável e com excelentes resultados junto às pessoas com deficiência intelectual. No entanto, a entidade acredita que a participação efetiva da família exerce um papel fundamental  na inclusão social da pessoa com deficiência. Assim, o CENSA reforça que o amor e a presença da família continua sendo o melhor “remédio”.

Para Natália Costa, psicóloga e diretora do CENSA, o cuidado que a instituição oferece passa longe de ser um substituto da família. No entanto, para ela, ser eleito pelos familiares para ser parceiro nos cuidados dos entes queridos é um privilégio. “É o início de uma caminhada juntos. Quando a família se implica no processo terapêutico da pessoa com deficiência intelectual adulta, o alcance dos resultados almejados se faz de forma mais natural, rápida e consciente. Natural porque o CENSA possui 22 mil metros quadrados de área de instalações, com salas de aula, oficinas, refeitório, quadras, piscina, jardins, escritórios e dormitórios. Assim sendo, a aprendizagem ocorre num ambiente que facilita a memorização e a adoção de rotinas diárias”, comentou.

“A família é parte integrante do processo. Pois é um elemento facilitador, principalmente no que tange o feedback. Para cada educando que ingressa na instituição é confeccionado um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI), que é um documento que norteia as práticas cotidianas com objetivo de atingir as metas estabelecidas para o indivíduo, em parceria com a família. Tanto que no dia a dia, é notório a diferença na evolução daqueles alunos cujas famílias são presentes”, completa Natália Costa.

Para Juliano Otto, educando do CENSA há 33 anos, a presença constante de sua mãe no local traz muita paz. “Estar com minha mãe aqui é muito bom. Gosto de ir para casa nos fins de semana, mas tendo a certeza de vou voltar para o CENSA na segunda feira”, disse. O mesmo sentimento é compartilhado pelo educando Eurico Marcelo, 41 anos, que está no CENSA há sete anos. “A presença da minha família traz muita alegria para mim além de gerar também uma enorme vontade de cooperar com os professores que cuidam da gente”, completou.

Para Rogério Araújo Souza, pai do educando Alexandre Guillen, é uma enorme satisfação poder contar com esse carinho que o CENSA oferece para seu filho. “Nossa família só tem a agradecer a todos os profissionais e colaboradores que atuam no CENSA, onde meu filho Alexandre vive há três anos. Ele tem hoje um desenvolvimento social muito melhor e o principal, ele é feliz. Desfruta de um ambiente seguro e que fornece um suporte excelente na área de saúde, socialização e interdisciplinaridade. O CENSA é administrado com competência e responsabilidade”, afirmou.

Já para Margarida Ferreira de Melo, mãe de Luiz Anastasia Neto, 42 anos, autista grave, o local foi onde ele se adaptou melhor. “A instituição é referência nacional, pois oferece o que de melhor a pessoa com deficiência mental precisa receber. Lá ele tem o acompanhamento com profissionais gabaritados em diversas áreas, por exemplo, a nutricionista que acompanha caso a caso, de acordo com as necessidades de um cada um. O CENSA possui também na sua equipe de profissionais, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, enfermeiras, farmacêuticas, psicóloga, professores incluindo, arte, música e teatro. Foi no CENSA que encontrei tranquilidade e segurança para meu filho”.

Para a Irmã Clotilde, 84 anos, saber que seu sobrinho Paulo Roberto Diniz está no CENSA é sinônimo de gratidão. “Ele está no local há 24 anos e tem um quadro de vida bem melhorado. Amadureceu em alguns pontos, é carinhoso e acolhedor. Convive bem com os colegas e cuidadores, participa das atividades recreativas, das festas religiosas e outros eventos promovidos pelo CENSA. Portanto só tenho a agradecer e dizer que os anjos protetores do meu sobrinho serão sempre as pessoas do CENSA e eu”.

CENSA

Com mais de meio século de existência, o espaço fundado em 1964 com a proposta garantida em seu slogan de promover “Um lugar para ser e conviver!”, assume o compromisso com a qualidade dos cuidados básicos, suporte e estrutura não só dos indivíduos com deficiência, como de suas famílias. Sua missão é atender as necessidades individuais de cada pessoa, assegurando-lhes saúde, lazer, bem-estar, além de uma educação socializadora voltadas para a vida adulta e melhor idade, através de atuação transdisciplinar.

 

Serviço

Censa Betim

Censa Betim – Centro Especializado Nossa Senhora D’Assumpção

Endereço: Rodovia Fernão Dias, Km 494 – S/N | Betim – MG

Telefone: (31) 3529-3500

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui