10% da população brasileira convive com doenças reumáticas

0
128

Qualidade de vida do paciente é a mais afetada por tais transtornos

A luta contra doenças reumáticas está cada vez mais presente no Brasil. De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde, mais de 12 milhões de brasileiros sofrem com tais transtornos, algo que equivale a cerca de 10% da população do país.

Segundo Flávia Nascimento, médica na área de reumatologia e dor, as doenças crônicas, como artrose, fibromialgia e outras, não tem cura. “Porém, com o diagnóstico precoce e o uso de medicamentos adequados e tratamentos para a dor é possível evitar a evolução dos problemas e manter a qualidade de vida do paciente”, diz.

Por isso, quanto antes um especialista descobrir a doença, mais fácil é o tratamento. “Quanto mais cedo o tratamento começar, mais fácil será administrar os remédios para que o efeito seja eficaz. Uma das coisas que mais atrapalham o bem-estar do indivíduo é a demora em procurar ajuda. Portanto, diante de qualquer sinal, é importante ir atrás de avaliação profissional”, ressalta.

Ainda segundo a médica, logo após o diagnóstico, manter o tratamento com uma equipe completa também é fundamental. “As dores podem prejudicar diversos aspectos da vida. Ao decorrer dos anos, o paciente pode se sentir desanimado e começar a evitar qualquer atividade que possa interferir no aumento das dores. Por isso, quando afetado com uma doença crônica, geralmente toda a vida e todo sistema do paciente é comprometido. Portanto, tanto a saúde física, quanto a mental precisam de atenção e acompanhamento constante”, enfatiza.

Fonte: Flávia Nascimento, médica da área de reumatologia e dor. Formada em Reumatologia pela Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro e pós graduanda em dor pelo Einstein. Atua na área há 7 anos.

Artigo anteriorDicas práticas para manter a imunidade alta
Próximo artigoTratamentos odontológicos devem continuar na pandemia?
[ Jornalista e Editor do Brasil Agora - em BH/MG] - Graduação: Jornalista (FESBH), Teólogo (F.ESABI), Sociólogo e Letras (F.Polis das Artes) e Economista (UNIP). Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Universidade Europeia Miguel de Cervantes/UEMC), Doutorado Prof. em Ciências Sociais e Políticas (USIP) e atualmente cursa Direito (UNIESP-BH). Apaixonado por música, colabora no "CulturalizaBH/Portal UAI" e na "TV Balcão" com a coluna "Crítica Musical" falando sempre sobre álbuns, coberturas de shows e etc. Tem como hobbie comprar CDs e também vinis. É também apaixonado por Sociologia, tanto que de sua graduação em Ciências Sociais: Sociologia, se tornou colunista de Opinião & Comportamento do portal da "RedeTV!" e "Rondônia Digital" e desta coluna, nasceu o "E-book: Sociedade Conectada: a Influência da Internet no Cotidiano". Da Economia, área ao qual foi repórter e sub-editor, se tornou colunista no "Divulga Gerais" após sua graduação em Ciências Econômicas: Economia. É colaborador de Jornais/Portais de Notícias, Diretor do Grupo Conteúdo - Agência de Notícias - Sites e também editora e assina matérias em alguns jornais de Minas Gerais e do Brasil. A escrita é sua maior base e paixão no Jornalismo. [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui