Venda de carros seminovos cresce quase 11% em setembro

0
237

Expectativa é que até o fim de outubro esse número cresça ainda mais, confira os três modelos mais vendidos e as principais vantagens de cada um deles

De acordo com dados liberados pela Fenauto (Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores), em relação a agosto, o mês de setembro teve aumento em 10,5% na venda de veículos seminovos. Já em relação ao mesmo período do ano anterior, sem a pandemia de coronavírus, o aumento ficou em 12,2%.

Tal índice evidencia o crescimento do setor em contramão a crise atual. Segundo Roney Fernandes, vice-presidente da ASSOVEMG (Associação dos Revendedores de Veículos de Minas Gerais), o ano de 2020 foi responsável por uma surpresa dentro do mercado, já que com a pandemia esperava-se que o período fosse bem delicado.

“No começo, sofremos as consequências da recessão. Porém, com o passar dos meses, vimos uma mudança de hábitos significativa em toda a população. A necessidade de ter um carro se tornou essencial para segurança sanitária. Além disso, a própria crise permitiu condições melhores aos consumidores para que os carros não ficassem encalhados e prejudicasse ainda mais a revenda. Todos esses pontos contribuíram para os bons resultados neste segundo semestre”, comenta.

Carros que estão no gosto do consumidor

E como já era esperado, atualmente, os consumidores estão mais atentos ao custo-benefício e qualidade dos veículos. E frente a inúmeros aumentos dos veículos 0km no decorrer de 2020, os seminovos continuam sendo uma oportunidade para o consumidor, de comprar um veículo que entrega mais pagando bem menos. “Atualmente as buscas por seminovos SUV vem aumentando a cada mês, tendo em vista ser um carro que oferece muito conforto, espaço e tecnologia a preços de populares 0km”, afirma.

Roney completa que outro comportamento que se observa são nos seminovos Hatch, onde cresce a procura não por modelos de entrada, mas por modelos e versões do compacto que oferecem mais opcionais e tecnologia, quebrando um paradigma, onde tradicionalmente esta classificação de veículos se limitava as versões de entrada. “Isto demonstra uma Maturidade do consumidor, onde ele consegue entender financeiramente os benefícios, em adquirir um veículo seminovo pagando bem menos e com garantia e segurança equivalentes a um 0km, obviamente fazendo a aquisição em revendas de referência”, acrescenta.

Fonte: Roney Fernandes, vice-presidente da ASSOVEMG (Associação dos Revendedores de Veículos de Minas Gerais). Formado em direito e especialista em gestão de negócios pela UNA. É proprietário da VEMIG Automóveis há 18 anos.

Artigo anteriorPrimavera/Verão 2020: confira os principais acessórios da estação
Próximo artigoZona de conforto pode prejudicar diversos aspectos da vida
Editor e fundador do Jornal Brasil Agora [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 ______________________________________________________________________________________________ Formado em Jornalismo pela (Faculdade - FESBH), Publicidade & Propaganda (Instituto Politécnico de São Paulo), Relações Públicas (Universidade UIB/EUA), Teólogo (Faculdade ESABI/BH-MG), Sociologia (Faculdade Polis das Artes/SP) e Economia (Universidade USIP/SP). Tem Ms. em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Univ. UEMC/Espanha) e atualmente cursa Direito (Universidade - UNIESP/FACSAL-BH/MG). Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ______________________________________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui