Artista mineiro lança disco virtual com sonoridade de música de videogame em homenagem a Belo Horizonte

0
2346

O álbum “SuperMaklem World Belo Horizonte”, do músico Matheus Klem, será lançado no aniversário de BH, dia 12/12, e traz releituras de sucessos do Skank, Jota Quest, Pato Fu, Lô Borges e Vander Lee

Tempos pandêmicos poderiam ser como no mundo dos games: “passar de fase” rapidamente, ter várias “vidas”, e, caso “morresse”, a solução seria simplesmente apertar a tecla “continue” que logo estaria de volta ao jogo. Desta forma, a jornada seria mais fácil, segura e divertida. Mas como na vida real isso não é possível, o músico, produtor musical e DJ, Matheus Klem, decidiu usar, durante o período de distanciamento social, seu tempo livre para unir três paixões: games, música e Belo Horizonte.

O resultado foi a criação do álbum “Super Maklem World Belo Horizonte”, que será lançado virtualmente no dia 12 de dezembro, aniversário da capital mineira, através das plataformas SoundCloud e YouTube. Com uma sonoridade de música de videogame e explícita influência do gênero musical New Wave, o disco, que é uma homenagem a Belo Horizonte, apresenta de maneira inusitada e nostálgica onze releituras de compositores belo-horizontinos.

O repertório do trabalho é marcado pela diversidade de gerações dos compositores, que começa no Clube da Esquina, passa pelo pop rock dos anos 90, até chegar aos artistas da atual geração. O disco traz composições de Lô Borges, Vander Lee, das bandas Skank, Pato Fu, Jota Quest, Lagum, Pipa e Rosa Neon, além das duplas Clara e Sofia, Mila e Marcus. Clássicos como “Paisagem da Janela”, “Amores Imperfeitos”, “Canção pra você viver mais” e “Esperando Aviões” compõem o repertório.

“Super Maklem World Belo Horizonte” contou com a participação de Juliano Alvarenga, integrante da banda Daparte, que tocou as guitarras da faixa “3 da manhã”. E na canção “É você”, da dupla Mila e Marcus, Camila Mendes e Marcus Ottoni gravaram respectivamente os teclados e o violão.

Paixão por Belo Horizonte

Natural de BH, o artista nos períodos da infância, adolescência e no início da fase adulta chegou a morar respectivamente em Niterói, cidade fluminense, Uberlândia, interior mineiro, e São Paulo. Mas nessas essas idas e vindas ele sempre sentia que o seu lugar era Belo Horizonte. E a música mineira teve um papel fundamental nesse reconhecimento.

“Quando eu vinha passar as férias em BH era nítida a minha relação com a cidade. Geralmente, eu ficava na casa minha avó e adorava passear com o meu tio por pontos como Praça da Liberdade, Pampulha, Praça do Papa e Palácio das Artes. Além disso, quando morei fora, as músicas do Skank, do Milton e de outros artistas sempre me conectavam com Belo Horizonte”, relembra.

“Super Maklem World Belo Horizonte” foi feito também para homenagear tanto os artistas que marcaram a infância e a adolescência de Klem, quanto os artistas da cena atual de BH. “Resolvi homenagear grupos que admiro, músicos que são meus amigos e projetos musicais sensacionais da atual geração que escuto”, conta.

A estética musical de “Super Maklem World Belo Horizonte” é toda constituída através do estilo chiptune, gênero de música eletrônica sintetizada, produzida por chips de consoles de videogame. O auge deste estilo foi nos anos 80 e 90.

No disco de Matheus Klem, as versões não são cantadas e quem faz a melodia da letra, substituindo o canto, é o sintetizador.

Relação com os games

Aficionado desde criança por videogame, Matheus é um fã incondicional do Mario Bros, um dos personagens mais emblemáticos do universo dos games. E toda essa veneração pelo Mario foi eternizada no corpo do artista com uma tatuagem do cogumelo vermelho sempre presente nos jogos do personagem.

Mario Bros também foi lembrado na identidade visual de “Super Maklem World Belo Horizonte”. Criada pela irmã de Matheus, a ilustradora Daniela Klem, a arte do projeto é baseada no gráfico do jogo Super Mario World, do Super Nintendo. Nas ilustrações da capa e da contracapa do disco, a artista faz uma brincadeira ao desenhar o mapa de Belo Horizonte, com pontos turísticos importantes da cidade, inspirando-se no mapa do jogo do Mario.

“Eu nasci em 1989. Desde os meus sete anos de idade, não me lembro de ter ficado nenhum ano sem ter jogado, pelo menos, um jogo de videogame, principalmente os jogos da Nintendo, como o Mario Bros. Antes da pandemia, eu estava trabalhando muito, cuidando de uma loja, fato que me afastou um pouco dos games. Mas o ócio do distanciamento social acabou me trazendo de volta aos jogos”, explica.

Nessa imersão, Matheus participou de uma live de Thiago Adamo, um dos mais conceituados produtores de áudios para games e trilhas sonoras para games. “Isso deu um start na minha cabeça e resolvi começar a brincar com os programas e testar os instrumentos virtuais. Nas minhas pesquisas, vi que as pessoas faziam essas versões de artistas internacionais, então eu pensei: por que não fazer algo local?”. A partir daí nasceu “Super Maklem World Belo Horizonte”.

Lançamento virtual do álbum “Super Maklem World Belo Horizonte”

Artista: Matheus Klem

Data: 12 de dezembro (sábado)

Plataformas: SoundCloud e YouTube

Links: https://soundcloud.com/maklem e https://www.youtube.com/channel/UCqvdrSTnsa_5CUQfDCnq-CQ

Valor: Gratuito

Links para conhecer Matheus Klem:

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCqvdrSTnsa_5CUQfDCnq-CQ

Spotify:https://open.spotify.com/artist/68OQlHv0HVmplWBE9HnFR0?si=6NDjC4mvTNu2XTtmyQfMUQ

SoundCloud: https://soundcloud.com/maklem

Link do drive com fotos para baixar (créditos: divulgação):

https://drive.google.com/drive/folders/117jaPDLt5Jbc1NvOd5IvkuDhoOCAKbt_?usp=sharing

Agência Birdhouse | Assessoria de Imprensa

Helena Pawlow: (31) 99221-6519/ [email protected]

Daniel Helvécio: (31) 99775-9075/[email protected]

Artigo anteriorDia da Justiça: advogado destaca a importância do Direito e do Poder Judiciário para a sociedade
Próximo artigoFeira Internacional de Artesanato reúne cultura de diversos países no Shopping Del Rey
Editor e fundador do Jornal Brasil Agora [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 ________________________________________________________________________ Diretor do 'Grupo Conteúdo' - Agência de Notícias | Publicidade & Marketing Digital. Siga o Instagram e leia outras matérias e artigos no perfil:@felipe_jesusjornalista. ________________________________________________________________________ Gestor Adv. - "| FJ - Escritório de Assistência Jurídica - EAJ |". Membro: Diretoria da "Associação dos Advogados Empreendedores - (AAE-OAB/SP)" - Acesse: https://aae.org.br ________________________________________________________________________ Formado em Jornalismo pela (Faculdade - FESBH), Publicidade & Propaganda (Instituto Politécnico de São Paulo), Relações Públicas (Universidade UIB/EUA), Teólogo (Faculdade ESABI/BH-MG), Sociologia (Faculdade Polis das Artes/SP), Economia (Universidade USIP), Bacharel em Direito (Universidade - UNIESP/FACSAL-BH/MG) e Ms. em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Univ. UEMC/Espanha). ________________________________________________________________________ Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ________________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui