Canta Mariana – Festival da Canção anunciará os vencedores neste sábado

0
772

Os jurados João Lucas, Bruno Perdigão e Felipe Moreira com o apresentador Heberton Lopes – Reprodução da live

Quarta edição do evento é realizada em formato de live devido a pandemia de Covid-19; transmissão ao vivo acontece no dia 07 de novembro, pelo YouTube e Facebook

Além de ser a primeira cidade e capital de Minas Gerais, Mariana também é conhecida pela sua contribuição para a cultura nacional. Prova disso é o Canta Mariana – Festival da Canção, que foi criado em 2017 e desde então segue revelando talentos e incentivando o gosto pela Música Popular Brasileira (MPB). Na edição de 2020, que é realizada on-line, em virtude da pandemia, foram inscritas 829 composições, de 23 estados brasileiros. A grande final acontece neste sábado, 07 de novembro, a partir das 20h, pelo YouTube e Facebook Amar Mariana, com uma homenagem à dupla Chitãozinho & Xororó, que comemora 50 anos de carreira.

O Canta Mariana – Festival da canção é uma iniciativa da Prefeitura de Mariana. De acordo com o Secretário de Cultura, Patrimônio Histórico, Turismo, Esporte e Lazer, Efraim Rocha, o evento tem como objetivo incentivar o gosto pela Música Popular Brasileira (MPB), aprimorar e desenvolver a cultura musical, revelar talentos, valorizar artistas, compositores, intérpretes e promover o intercâmbio artístico-cultural.

Todas as composições inscritas foram ouvidas pelo corpo de jurados, formado por Bruno Perdigão, músico e produtor musical da dupla César Menotti & Fabiano, Felipe Moreira, pianista, tecladista e professor de música, e João Lucas, cantor que integra a dupla João Lucas & Diogo. Das 829 composições, 20 foram classificadas para a semifinal.

As canções semifinalistas foram apresentadas nos dias 16 e 17 de outubro, com transmissão ao vivo direto do Teatro Mariana. Os artistas gravaram clipes, que foram exibidos para a avaliação dos jurados, que selecionaram 10 para a final. No dia 07 de novembro, os finalistas serão exibidos novamente e o júri elegerá os vencedores, que serão anunciados pelo apresentador Heberton Lopes.

Os ganhadores serão agraciados com prêmios de R$12.000,00 (1º lugar), R$8.000,00 (2º lugar), R$5.000,00 (3º lugar), além de R$2.500,00 para o melhor intérprete e para a Prata da Casa, que é a melhor canção de compositor residente em Mariana, caso não tenha sido classificada entre os três primeiros lugares. Todos os participantes que receberem as premiações em dinheiro também levarão o troféu do Canta Mariana – Festival da Canção. Os finalistas que ficarem da quarta até a décima posição receberão um Menção Honrosa.

O produtor musical Bruno Perdigão ressalta a importância do Canta Mariana para o cenário artístico. “Principalmente neste período de pandemia, que é tão complicado para rodo mundo, mas para os artistas é pior ainda, que não podem fazer shows, que não podem aglomerar pessoas, qualquer tipo de possibilidade de mostrar a arte e ainda rentabilizar é uma ajuda incrível. Este festival abre possibilidades para vários estilos que não têm espaço comercial em rádios e televisões”, explica.

O pianista, tecladista e professor de música, Felipe Moreira, deixa claro a sua satisfação em ser jurado do Canta Mariana. “´É uma alegria muito grande participar deste festival, que é uma iniciativa primorosa num momento tão delicado que a arte enfrenta. É uma oportunidade para centenas de compositores espalhados pelo Brasil e a gente percebe a riqueza do nosso país diante da diversidade das canções que recebemos, de vários estilos e regiões”, pontua.

João Lucas destacou que se sentiu honrado por ser jurado do Canta Mariana – Festival da Canção. “O mais interessante foi ver a versatilidade das músicas e a qualidade de muitas delas. Se tivéssemos mais espaço, com certeza teríamos selecionado mais músicas. Estou muito feliz por ver que tem tanta gente compondo pelo Brasil, que está repleto de artistas de alto nível”, ressalta o cantor, que ainda pontuou os principais critérios utilizados nas seleções. “O que a gente mais preza numa audição é a melodia, a letra, a interpretação do cantor ou da cantora. A gente teve um resultado surpreendente. Mariana dá um passo a mais no apoio e valorização da música brasileira e espero que outras cidades sigam o exemplo”, finaliza o sertanejo.

Após a exibição das canções finalistas Marcelo Oliveira & Bruno Martins subirão ao palco do Canta Mariana – Festival da Canção com o show “Buteco Sertanejo”, e farão uma homenagem a uma das duplas sertanejas mais tradicionais do Brasil: Chitãozinho & Xororó. Os 50 anos de carreira dos cantores serão relembrados durante a interpretação de grandes sucessos dos artistas.

Assista a transmissão da final do Canta Mariana – Festival da Canção

Youtube: http://bit.ly/Amar-mariana

Facebook: http://fb.com/amarmarianamg

Instagram: http://instagram.com/amar.marianamg/

Canções finalistas:

À Partida, de Pedro Armond e Letícia Lavínia (Mariana/MG)
Berço Da Saudade, de Denny Silva & Soberano (Pinhais/PR)
Canastra, de Lula Barbosa e Valéria Pisauro (Mairiporã/SP)
Desconcerto, de Mariana Soares (Campos dos Goytacazes/RJ)
Florescer, de Wandrey (Mariana/MG)
Inteira, de Marcia Cherubin (Santo André/SP)
Janelas Abertas #3, de Tony Primo e Getúlio Maia (Mariana/MG)
Pequena, de Joice Terra (São Sebastião/SP)
Sabe-Se Lá, de Valéria Velho (Tietê/SP)
Violeiro Cantador, de Guto Rabello (Montes Claros/MG)

Serviço

Canta Mariana – Festival da Canção 2020

Final: 07 de novembro, sábado, às 20h

Transmissão ao vivo pelos links abaixo:

YouTube: http://bit.ly/Amar-mariana

Facebook: http://fb.com/amarmarianamg

Artigo anteriorPlataforma de streaming brasileira promove mostra de curtas-metragens peruanos
Próximo artigoVai ter Samba: Mix Garden recebe os primeiros shows desde o início da pandemia
Editor e fundador do Jornal Brasil Agora [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 Diretor do 'Grupo Conteúdo' - Agência de Notícias | Publicidade & Marketing Digital. Siga o Instagram e leia outras matérias e artigos:@felipe_jesusjornalista. ______________________________________________________________________________________________ Formado em Jornalismo pela (Faculdade - FESBH), Publicidade & Propaganda (Instituto Politécnico de São Paulo), Relações Públicas (Universidade UIB/EUA), Teólogo (Faculdade ESABI/BH-MG), Sociologia (Faculdade Polis das Artes/SP), Economia (Universidade UNIP/SP), Bacharel em Direito (Universidade - UNIESP/FACSAL-BH/MG) e Ms. em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Univ. UEMC/Espanha). Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ______________________________________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui