Sexo na terceira idade auxilia no bem-estar, saúde e autoestima

0
398

Consultora em sexualidade dá dicas para aquecer a relação após os 60 anos

Para algumas pessoas, sexo na terceira idade ainda é um tabu. Porém, essa é uma das fases mais gostosas para aproveitar a relação a dois e curtir novas experiências com o parceiro, além de evitar a rotina e se sentir bem em diversos aspectos. Afinal, após os 60 anos, a sexualidade também é sinônimo de saúde e autoestima.

Segundo um levantamento divulgado pelo Programa de Estudos em Sexualidade da USP, cerca de 65% dos brasileiros com mais de 60 anos mantêm a vida sexual ativa. Enquanto isso, de acordo com estudo publicado pela revista científica Sexual Medicine, na Inglaterra, a atividade sexual entre os mais velhos melhora consideravelmente a saúde e o bem-estar.

Rotina impede novas experiências

Aline Bicalho, consultora em sexualidade, comenta que, se para os mais jovens esse é um assunto recorrente, quem já se está em uma fase mais madura encontra alguns desafios em relação a sexualidade. “Além do tabu que ainda persiste em alguns grupos da sociedade, a temida “rotina” com o parceiro torna-se um empecilho para curtir a relação. Porém, uma boa dose de diálogo e ideias inovadoras podem fazer a relação se reacender ou, até mesmo, para quem não se encontra em um relacionamento, conhecer novas pessoas e aumentar a autoestima”, conta.

Dicas para aproveitar a relação na terceira idade

Aline esclarece que o primeiro passo para continuar aproveitando as sensações da juventude é esquecer o mito de que sexo não é para os mais velhos. “Pelo contrário, ao amadurecer já experimentamos bastante coisa e sabemos o que nos faz sentir bem ou não. Portanto, esse pode ser o melhor momento para intensificar os desejos em relação ao que gosta na intimidade com o parceiro”, diz.

No entanto, na terceira idade também continua sendo válido experimentar coisas novas. “Quando o assunto é sexo, sempre tem algo novo para aprender e experimentar. O que vale é você e seu parceiro se sentirem confortáveis e buscarem novas sensações”, destaca.

Produtos eróticos como aliados da relação

Os famosos “brinquedinhos” eróticos são uma ótima pedida para aquecer a relação e conhecer novas sensações. Aline revela que já existem vários produtos direcionados para esse público, como hidratantes rejuvenescedores da região íntima, lubrificantes de uso diário que dão muito conforto às mulheres que têm tendência à ressecamento após a menopausa e excitantes unissex, por exemplo. “Existem diversas opções para utilizar em diferentes ocasiões e sair da rotina. Alguns mais intensos, outros mais leves, para todos os gostos. Eles podem se transformar em uma oportunidade incrível para aumentar o prazer e autoestima em qualquer fase da vida”, indica a consultora.

Fonte: Aline Bicalho, consultora em sexualidade. Formada em sexualidade, erotismo e cultura. Empresária e criadora do Movimento Amigas Da Bunita. Casada e mãe de 3 filhos.

Artigo anteriorQuais os principais erros que os pequenos empresários cometem?
Próximo artigoSaúde mental pode influenciar saúde bucal, entenda
Editor e fundador do Jornal Brasil Agora [BH/MG/Brasília-DF] - Ano: 2015 ______________________________________________________________________________________________ Formado em Jornalismo pela (Faculdade - FESBH), Publicidade & Propaganda (Instituto Politécnico de São Paulo), Relações Públicas (Universidade UIB/EUA), Teólogo (Faculdade ESABI/BH-MG), Sociologia (Faculdade Polis das Artes/SP) e Economia (Universidade USIP/SP). Tem Ms. em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação (Univ. UEMC/Espanha) e atualmente cursa Direito (Universidade - UNIESP/FACSAL-BH/MG). Com larga experiência em coberturas da área de Cultura (Jornal & Assessoria de Imprensa): Shows, lançamentos de álbuns, livros e exposições de arte, trabalhou durante anos, também, fazendo coberturas e matérias na área de Economia (ao qual acabou se graduando posteriormente). Atualmente, além de editorar alguns portais de notícia no país, ser redator e administrador, escreve duas colunas semanais. Com a "Crítica Musical" (coluna que está no CulturalizaBH - Portal Uai ao qual é editor e financeiro) e a coluna "Opinião & Comportamento", que durante anos ficou no portal da RedeTV e hoje está no portal "Rondônia Digital". Desta coluna, surgiu o E-book: "Sociedade Conectada: A Influência da Internet no Cotidiano" - Ed. Escrita Certa (2019). "A escrita é a minha maior paixão" (Felipe de Jesus). ______________________________________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui